Home»Destaque na Home»Ladrão leva R$ 2 mil em relógios e eletrônicos

Ladrão leva R$ 2 mil em relógios e eletrônicos

A ação foi rápida, mas o suficiente para causar prejuízos para a comerciante que pede mais patrulhamento

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O alarme disparou às 21h44 de quinta-feira (28). Cerca de 10 minutos depois a proprietária chegou e não havia mais ninguém no estabelecimento que fica na Praça Rui Barbosa, o Recanto. Uma abertura foi feita na porta de aço e um pedaço de ferro foi usado pelo ladrão ou ladrões. A comerciante, que preferiu não se identificar, não acreditava que uma pessoa tinha conseguido passar pela pequena abertura. Manchas de sangue foram vistas na porta, no chão e no balcão.

O prejuízo em relógios e eletrônicos foi de R$ 2 mil, além dos R$ 200 deixados no caixa. A comerciante acredita que devido ao alarme o invasor fugiu logo. Mas como não houve vítimas (fora o prejuízo material), ela foi orientada a registrar a ocorrência posteriormente na delegacia. Ela lamenta que nenhuma viatura tenha aparecido naquele momento para patrulhar as imediações e tentar encontrar alguém. “O furto acaba com a gente, mas não é só isso. Vandalismo como jogar tinta na loja, urinar, defecar, isso tudo continua. A gente quer pedir mais vigilância, talvez uma base de segurança na praça”, desabafou a comerciante.

furto loja ska cell centroEla disse que há quatro meses outra loja sua foi furtada no Terminal de Ônibus, no Parque dos Ingás. “Os furtos se tornaram algo tão banal, mas peço mais segurança”. Na madrugada de quarta-feira (27) uma lanchonete próxima, na Rua Salgado Júnior, foi invadida e furtada por um rapaz. As imagens de monitoramente flagraram a ação que resultou no furto de um computador, R$ 300 do caixa e um litro de uísque. A fechadura da porta de vidro foi arrombada.

Na ocasião, o capitão PM Eduardo Jorge Marques informou que existe um patrulhamento na área central, mas que já foi observado que alguns furtos ocorreram depois que a viatura passa, mas que vai reforçar o patrulhamento. O comandante da Guarda, Claudemir Adorno da Costa, informou que existe uma viatura que cobre a área central, mas que durante as abordagens se a pessoa suspeita não portar armas ou produtos furtados não tem mais o que fazer senão liberar.

furto loja ska cell centro

Post anterior

CCZ imunizou mais de 24 mil cães e gatos

Próximo post

Após cinco anos, obra pode ser concluída