Home»Destaque na Home»Justiça Eleitoral considera baixa adesão ao cadastro da biometria

Justiça Eleitoral considera baixa adesão ao cadastro da biometria

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Os eleitores de Mogi Guaçu e de Mogi Mirim que ainda não cadastraram a biometria obrigatória devem se apressar. O prazo é até 19 de dezembro, mas o eleitor deverá enfrentar filas caso não se antecipe.

Em Mogi Guaçu, 43% do eleitorado ainda não fez o cadastro da biometria e, em Mogi Mirim o índice é de 42% por cento. O percentual é considerado alto pela Justiça Eleitoral Paulista.

É válido ressaltar que todo o eleitorado dos municípios já será identificado pelas digitas ao votar nas eleições municipais de 2020. Funcionários dos Cartórios Eleitorais de Mogi Guaçu e de Mogi Mirim estão preocupados com a baixa adesão. Eles reforçam que o prazo não será prorrogado e quem não participar do procedimento biométrico até a data-limite de 19 de dezembro terá o título cancelado. O eleitor que comparece com antecedência faz a sua biometria com tranquilidade e rapidez, evitando filas no fim do prazo.

O cancelamento do documento gera, além da inaptidão para o exercício do voto, certas restrições na vida civil, tais como: impossibilidade de tirar passaporte, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo e tomar posse em cargo público. Para fazer a biometria, é necessário levar documento oficial de identificação, comprovante de residência recente e o título, caso tenha. Se preferir, o cidadão pode agendar o seu atendimento no site do TRE-SP.

Em Mogi Guaçu, o eleitor pode procurar três locais para fazer a biometria. No Cartório Eleitoral, que fica no Jardim Centenário, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. No shopping da cidade no período das 11h às 20h, se segunda a sexta-feira. E no Poupatempo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

O Cartório de Mogi Mirim está aguardando autorização do Tribunal Regional Eleitoral para disponibilizar dois guichês de atendimento no shopping. O serviço será feito em parceria com o Cartório de Mogi Guaçu. O Cartório Eleitoral de Mogi Mirim também atende aos eleitores de Artur Nogueira, Conchal, Engenheiro Coelho e Holambra.

 

 

 

Previous post

GAZETA GUAÇUANA, 31 de agosto de 2019

Next post

VE de Mogi Guaçu confirma caso de sarampo