Home»Destaque na Home»JBS e CCF Nutri vencem licitação da carne

JBS e CCF Nutri vencem licitação da carne

A Prefeitura realizou o processo licitatório para a compra de carnes para a merenda, nesta segunda-feira (18)

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Sete empresas apresentaram propostas e participaram do pregão presencial realizado pela CML (Comissão Municipal de Licitações), nesta segunda-feira (18), para a aquisição de carnes bovina e suína para a merenda escolar da cidade.

As duas primeiras classificadas foram JBS SA, de Andradina (SP), para o item 1, carne bovina, e a CCF Nutri Eirelli, de Cedral (SP), para o item 2, carne suína. A Prefeitura está adquirindo 101.812 quilos de patinho em cubos e 57.812 quilos de pernil sem osso, ambos sob congelamento IQF (sigla em inglês para “Rápido Congelamento Individual”), processo em que os cubos de carne são congelados individualmente.

A JBS foi primeira classificada no item carne bovina ao oferecer o menor preço, de R$ 18,59 por quilo. A CCF se classificou em primeiro lugar no item carne suína ao ofertar o quilo por R$ 11,95. Os valores ficaram abaixo do preço estimado pela Prefeitura, que era de R$ 23,50 para carne bovina, e R$ 15,51 para carne suína.

Os vereadores Guilherme de Souza Campos, o Guilherme da Farmácia (PSD), Natalino Tony Silva (Rede) e Fábio Luduvirge Fileti (PSDB) estiveram no 6º andar do Paço Municipal e acompanharam o processo de compra.

Guilherme da Farmácia disse que os vereadores conversaram com os representantes das empresas vencedoras do processo licitatório e aproveitaram para pedir agilidade na entrega da documentação. “Foi um processo bem tranquilo, teve uma negociação, o que foi bom para o município que conseguiu menor valor. Nós pedimos para as empresas agilizarem a entrega antes do prazo previsto para que a compra possa ser feita o quanto antes”, reforçou o vereador.

licitacao carneConcluída a etapa inicial, o pregão é suspenso para que as empresas apresentem amostras de cada item e documentos complementares até o dia 28 deste mês, para análise pela Secretaria de Educação. Na sequência, após publicado o resultado, o pregão será retomado para eventuais recursos e demais trâmites previstos em lei.

Pelo edital, as empresas serão as responsáveis pela entrega ponto a ponto em caminhões refrigerados. Segundo a relação fornecida pela Secretaria de Educação, são 82 pontos.

 

Merenda

A distribuição de carne de vaca e de porco para as escolas ficou comprometida devido ao atraso no processo licitatório. Um novo edital precisou ser lançado. Por isso, as escolas têm trabalhado com um cardápio alternativo até que as proteínas voltem a ser compradas pela Secretaria de Educação. Além do reforço do peixe, houve a compra emergencial de frango, de salsicha e de sardinha para suprir a falta das carnes de vaca e de porco.

Post anterior

Caveanha faz pedidos ao governador Dória

Próximo post

Corug disputa II Etapa da Copa Superação em Caconde