Home»Cidade»Jardim Novo I: Moradora teme ataque de abelhas

Jardim Novo I: Moradora teme ataque de abelhas

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Há três meses, algumas abelhas começaram a rondar a árvore plantada na calçada da casa 215, à Rua Vereador Luís Mendes, no Jardim Novo I. Com o passar dos dias, a presença dos insetos começou a preocupar a pensionista Sonia Maria Eleutério Derci, 64. Isto porque, a quantidade de abelha aumentou – e muito – e a idosa teme que o enxame invada a residência e ataque alguém da família ou mesmo algum pedestre.

Neste período, ela conta que já recorreu a vários locais pedindo a retirada das abelhas: Corpo de Bombeiros, Ouvidoria e CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). No entanto, nenhum dos órgãos garantiu à pensionista que iria ao local. “Fica um jogo de empurra, um passa para o outro, mas ninguém resolve”, queixa-se. Sônia teme que o enxame entre na sua residência e, desde então, mantem janelas e portas fechadas.

sonia reclamacao abelha

Em outubro, a Gazeta publicou matéria especial referente a abelhas, publicada no Caderno Multi. O material foi elaborado pela repórter Karina de Araújo. Nesta ocasião, o capitão Alexandre Riquena Costa, comandante do Subgrupamento do Corpo de Bombeiros da região, explicou que o Corpo de Bombeiros não é um órgão que tem como atribuição fazer o manejo de abelhas, mas atende as emergências como no caso de ataques quando estão agressivas. Ele cita o exemplo da remoção quando a colônia oferece risco em potencial, quando estão próximo a uma escola, porque sabem que elas podem se incomodar com o barulho e a agitação das crianças.

 

RETIRADA

A Gazeta reportou o caso ao CCZ, inclusive a queixa da pensionista de que ninguém teria ido ao local. A bióloga Silvana Munhoz Bueno explicou que a equipe irá averiguar se houve pedido no órgão. Isto porque, ela diz que não deixam de atender aos chamados. Caso contrário, de qualquer forma, ela se comprometeu a ir ao local e averiguar. Mas, atentou que o manejo só pode ser realizado à noite.

reclamacao abelha

 

 

 

Post anterior

Emia abre matrículas dias 14 e 15

Próximo post

Caminhoneiro é rendido no Itaqui