Home»Cidade»Itapira é reconhecida como MIT

Itapira é reconhecida como MIT

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Da Redação

 

Foi aprovada na noite desta terça-feira (10), na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) a lei que classifica Itapira como MIT (Município de Interesse Turístico). Com o reconhecimento, o Município passará a receber uma verba anual de até R$600 mil para obras e serviços que auxiliem no desenvolvimento turístico local, como revitalizações de atrativos culturais e naturais já existentes elencados como prioridades no Plano Diretor de Turismo, elaborado e aprovado em 2017.

plano diretor de turismo

A proposta foi encabeçada pelo deputado estadual José Antônio Barros Munhoz junto aos outros 93 deputados e beneficia também outros 45 municípios do estado. Para que seja considerado de Interesse Turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, de hospedagem, de alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto.

Logo após a aprovação, Munhoz comemorou a conquista itapirense, pela qual ele lutava desde o fim de 2016 quando deu entrada em um Projeto de Lei que solicitava a classificação de Itapira como MIT. “Finalmente Itapira é um Município de Interesse Turístico, reconhecendo legalmente que a cidade tem interesse em se tonar uma Estância. É uma legislação muito bem feita, que deu trabalho para ser elaborada e todas as cidades foram muito bem inspecionadas pelo Governo do Estado para que a documentação fosse aprovada”, disse.

plano diretor de turismo

O secretário de Cultura e Turismo de Itapira, Tiago Fontolan, disse que a conquista do MIT traz o sentimento de dever cumprido, pois essa é uma das principais metas da pasta desde que ele assumiu no início do ano passado. Com a aprovação do Projeto de Lei, a proposta segue agora para a publicação no Diário Oficial para posterior liberação do cronograma de liberação dos recursos. Enquanto isso, a Secretaria de Cultura e Turismo dá continuidade aos projetos de fomento do setor e inicia o planejamento das ações específicas que serão realizadas com a liberação da verba do MIT.

Além de Itapira, as 45 cidades paulistas que também foram contempladas, entre as quais, Estiva Gerbi.

Post anterior

Curtas: estelionato, cavalo resgatado e veículos recuperados

Próximo post

Domingo tem Roseira Race com percurso maior