Home»Cidade»Iluminação: SOV investe R$ 150 mil nas Avenidas

Iluminação: SOV investe R$ 150 mil nas Avenidas

Nesta semana, equipe fez a instalação da fiação elétrica no canteiro central da Avenida Mogi Mirim

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

As Avenidas Mogi Mirim, Honório Orlando Martini e Estrada Municipal Luciano Ferreira Gonçalves receberão investimentos em iluminação. A SOV (Secretaria de Obras e Viação) investirá R$ 150 mil na melhoria. A empresa Riluz venceu o processo de licitação e iniciou o serviço.

Esta semana, a equipe trabalhava na instalação da fiação elétrica para os postes de iluminação com duas hastes e luz de led, no canteiro central da Avenida Mogi Mirim. Onze postes serão instalados a partir do trecho próximo ao posto de combustível da rotatória até a Rua Araraquara, onde há os semáforos. “É um trecho escuro porque do lado esquerdo, no sentido a Mogi Mirim, não há postes de iluminação”, reforça o responsável pela Pasta, Salvador Franceli.

O secretário pontua que o investimento é feito com recursos próprios da Pasta. Concluídos os serviços na Avenida Mogi Mirim, a equipe seguirá para a Estrada Municipal Luciano Ferreira Gonçalves, que dá acesso à FMPFM (Faculdade Municipal Professor Franco Montoro), onde a melhoria será feita em trecho a partir do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). “Neste trecho há postes, mas faltam luminárias”, observa detalhando que serão instalados 21 braços com luminárias. Neste caso, serão instaladas lâmpadas de vapor metálico de 250 watts, ou seja, iguais as já existentes na via.  

O serviço será finalizado na Avenida Honório Martini, onde ainda há trecho escuro nas proximidades do Jardim Hedy. Neste local, o serviço será completo, com postes e luminárias.

 poste iluminacao av mogi mirim

PROJETO

A Eletrobrás Centrais Elétricas Brasileiras SA publicou o extrato do Termo de Cooperação Técnica para a implementação de ações de eficiência energética em sistema de iluminação pública de Mogi Guaçu no valor de R$ 1,5 milhão.

O projeto apresentado pela SOV prevê a substituição das lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED em pelo menos 1.500 pontos de iluminação pública de ruas e avenidas.

A proposta de Mogi Guaçu é a de maior valor dentre as que foram aprovadas através do Programa Nacional de Conservação de Energia/ Procel Reluz, da Eletrobrás e sua execução aguarda conclusão de processo licitatório.

 

 

Post anterior

Atraso de serviço é alvo de queixa de empresário

Próximo post

Quarentão tem início e Bandeirantes já goleia Vila Real