Home»Cidade»Iluminação: Licitação segue em trâmite e moradores reclamam

Iluminação: Licitação segue em trâmite e moradores reclamam

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Aconteceu no início deste mês a licitação para contratação de empresa destinada a prestar serviços de iluminação pública para Mogi Guaçu. Como o antigo contrato acabou e o processo licitatório ainda não foi concluído, os moradores voltaram a reclamar da longa espera para a troca de lâmpadas.

Moradora no Condomínio Colina Verde, Eliana de Fátima Negri diz ter telefonado várias vezes na SOV (Secretaria de Obras e Viação) para pedir a troca de lâmpadas, pois há duas queimadas na rua em que reside. Ela diz que, apesar de tratar-se de espaço fechado, os moradores também se preocupam com a questão da segurança.

Segundo Eliana, em todas as vezes que telefonou na SOV para pedir a troca das lâmpadas, disseram que iriam providenciar o serviço, mas na fizeram nada. “Faz mais de um mês que ligo e não fazem nada. Parece que não tem contrato com nenhuma empreiteira”, diz.

De acordo com o secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, duas empresas entraram com pedido de recurso, sendo que os mesmos já foram respondidos e encaminhados ao Jurídico. Com isto, é preciso aguardar o trâmite legal do processo licitatório. “Eu também não gostaria que fosse assim, que demorasse tanto, mas tenho que aguardar”, justifica. O secretário diz que tem feito o serviço na medida do possível, mas em ritmo menor porque não possui equipe unicamente para esta tarefa.

Vale ressaltar que caberá à empresa contratada a substituição e manutenção de lâmpadas, reatores, relés, braços e transformadores em toda a extensão da rede de energia elétrica do município, no perímetro urbano e rural com fornecimento de materiais, mão de obra, ferramentas e equipamentos especializados de acordo com os critérios básicos e normas técnicas.

A Prefeitura informou que A Ilumitech Construtor LTDA foi a vencedora do processo de licitação para iluminação pública. A matriz da empresa é de Salvador (BA), mas com filial em São Paulo, capital. O contrato está em fase de assinatura, cabendo à empresa o recolhimento de caução, conforme previsto na licitação. O início dos trabalhos é aguardado para a próxima semana.

Post anterior

Itaqui massacra Juventude e continua na liderança da 1ª Divisão

Próximo post

Judô de Mogi Guaçu conquista bons resultados na Argentina