Home»Cidade»Giovani Lanzi: 120 passes escolares foram liberados

Giovani Lanzi: 120 passes escolares foram liberados

O levantamento é da Secretaria de Educação que optou pelo passe escolar para os estudantes se locomoverem até às Fimi

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Após a solicitação de transporte por parte de pais de alunos da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Antônio Giovani Lanzi”, 120 passes escolares foram liberados entre quinta-feira (4) e sexta-feira (5). O levantamento foi feito pela Secretaria de Educação. A Pasta informou ainda que tudo está sendo organizado para a retomada da merenda na quarta-feira (10), pois nos últimos dois dias houve a distribuição de lanches.

As aulas na Emef foram retornadas na quinta-feira. O prédio das Fimi (Faculdades Integradas Maria Imaculada), Centro, será utilizado pela unidade de ensino até que esteja concluída a reforma da escola localizada na Vila Paraíso. Todavia, não há local para a elaboração das refeições no imóvel ocupado pela faculdade. Por isso, a merenda será feita na cozinha da Emef, na Vila Paraíso, e levada aos alunos.

A retomada das aulas em novo endereço foi tranquila, após alguns pais terem reivindicado e obtido o transporte. À Gazeta, alguns pais disseram que os alunos estão bem instalados e não relataram preocupação com nenhuma outra questão. Com a transferência de local, os professores é que tiveram de se desdobrar para transportar o material que precisa ser usado com os alunos. Tudo foi acomodado em pequenas malas. E como uma delas brincou: “De mala e cuia, ou melhor, sem cuia”.

alunos antonio giovani lanziInicialmente, a retomada das atividades estava marcada para quarta-feira (3), nas dependências das Fimi, o que não aconteceu. Isto porque, a Secretaria de Educação não disponibilizou transporte gerando insatisfação de alguns pais.

Na manhã desta quarta-feira (3), a diretora da escola Dagmar do Amaral Borges e a coordenadora pedagógica Sandra Lana compareceram às Fimi para comunicar sobre a mudança aos desavisados. Poucos pais levaram os filhos à escola, sendo parte de carro e outros a pé. Aparentemente não demonstraram insatisfação com a decisão e compreenderam o exposto pelas educadoras.

A Prefeitura informou na tarde de quarta-feira que a Secretaria de Educação fornecerá passe escolar aos mais de 400 alunos da Emef. As aulas foram suspensas no último dia 28. O imóvel apresenta trincas e fissuras nas paredes e recalque do piso no bloco das salas de aula em decorrência de infiltrações.

Post anterior

Coral de adultos é nova aposta da “Marcos Vedovello”

Próximo post

Isabella de Pádua vence mais uma luta de MMA