Home»Destaque na Home»GCM recebe caminhonete para patrulhamento na Zona Rural

GCM recebe caminhonete para patrulhamento na Zona Rural

Além da caminhonete, a frota de viaturas com 10 carros foi substituída

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A Guarda Civil Municipal apresentou, nesta sexta-feira (6), em uma cerimônia realizada em frente à Prefeitura, a nova viatura da patrulha ambiental que irá atender a Zona Rural de Mogi Guaçu, além do bairro Chácaras Alvorada. A caminhonete, uma Chevrolet S10 cabine dupla, é totalmente equipada com toda estrutura que uma viatura necessita. O veículo custou R$ 182,8 mil. Deste total, R$ 150 mil foram enviados a cidade pelo deputado federal Cabo Daciolo (PODE) por meio de uma emenda parlamentar que foi solicitada em 2017 pelos vereadores Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PP), e Fábio Aparecido Luduvirge Fileti, o Fabinho (PSDB). Os R$ 32 mil restantes foram uma contrapartida do município.

Para o comandante da GCM Adorno da Costa, uma grande conquista para melhor atender a população. “É um veículo onde eu posso colocar mais um guarda municipal, aumentando a equipe que vai para rua”. O comandante ainda reconheceu que o patrulhamento na Zona Rural precisa ser melhorado. “São áreas que estão sendo alvos constantes de roubos”.

A secretária de Segurança, Judite de Oliveira, que recebeu uma das chaves, agradeceu o empenho dos vereadores em poder oferecer à GCM condições melhores de trabalho. Ainda nesta semana, a corporação também recebeu duas espingardas calibre 12 marca CBC Modelo Military 3.0. Cada armamento custou R$ 5,7 mil. A compra ocorreu em março após uma autorização do Exército Brasileiro. As espingardas já possuem o registro no Sistema Nacional de Armas da Polícia Federal (Sinarm).

Locação

Após dois anos, a GCM também substituiu os veículos de sua frota. As novas viaturas, no modelo VW/Gol 1.6, são completas e já estão patrulhando a cidade 24 horas por dia. A substituição dos veículos consta do contrato de locação em vigência que está em seu 25º mês com a Germânica de Limeira, sendo que ele apresenta a possibilidade de prorrogação por até 60 meses. Por mês, a locação dos carros gera um custo de cerca de R$ 20 mil a Prefeitura.

De acordo com o prefeito Walter Caveanha (PTB), que participou da apresentação, a locação tem sido mais viável ao município, até mesmo por conta do trabalho executado pela GCM. “Você tem incluso o processo de manutenção, processo de troca, então, o aluguel fica mais econômico até do que você comprar o veículo”. Quanto aos carros maiores, como as caminhonetes, o prefeito disse que a compra é a melhor forma. “Estamos buscando adquirir os veículos que não tem o movimento de ficarem 24 horas na rua”. Com isso, ele ressaltou a importância de se conseguir as emendas parlamentares para a cidade e parabenizou o trabalho feito pelos representantes da Câmara Municipal.

Previous post

Vereadores cobram início das obras entienchentes

Next post

Corug participa da 10ª Corrida Independência em Araras