Home»Destaque na Home»Estado libera R$ 8 milhões para cidade

Estado libera R$ 8 milhões para cidade

Maior parte da verba será destinada para construir escola para ensino médio, no Distrito de Martinho Prado

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O Distrito de Martinho Prado Júnior é a ‘bola da vez’ do Governo Municipal. O local irá receber investimentos de aproximadamente R$ 8 milhões em Educação e Saneamento Básico. Na tarde de terça-feira (16), o prefeito Walter Caveanha (PTB) confirmou que o Governo do Estado liberou praticamente R$ 8 milhões para Mogi Guaçu. Mas esse montante não será destinado totalmente para o Distrito de Martinho Prado Júnior. Para lá, serão usados R$ 6,3 milhões e outros R$ 2 milhões da própria Administração Municipal por meio do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto). Do restante da verba destinada pelo governo estadual R$ 1,5 milhão será usado para obras de recapeamento de diversas ruas de Mogi Guaçu.

Em Martinho Prado Júnior, a verba de R$ 6,3 milhões será usada para a construção de uma escola de ensino médio. Atualmente, apenas a escola “Professor Geraldo Sorg” atende alunos do Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano e também os alunos do Ensino Médio.

prefeito walter caveanha e governador geraldo alckiminDe acordo com o prefeito, a licitação para o início das obras deverá ser aberta ainda neste primeiro semestre pelo próprio Governo do Estado, que ficará responsável também pela construção da escola. “Estive numa audiência com o Governador Geraldo Alckmin (PSDB), na segunda-feira (15), no Palácio dos Bandeirantes, e ele assinou a liberação de recursos financeiros para Mogi Guaçu. Entre os valores, estão R$ 6,3 milhões para esta nova escola que irá enobrecer o Distrito de Martinho Prado”, pontuou Caveanha.

Serão seis salas de aulas e outras seis salas que serão usadas para o ensino de Informática e demais laboratórios. A escola será construída na entrada do Distrito, próximo ao centro esportivo. “A escola neste local não irá comprometer o espaço da praça”, atentou o prefeito ressaltando que Mogi Guaçu aceitou o novo modelo de escola que será construído pelo Governo do Estado e, por isso, não irá precisar investir nenhuma quantia de recursos próprios na construção da unidade. 

“Conseguimos a audiência com o Governador por intermédio do deputado estadual Campos Machado (PTB), que, inclusive, também acompanhou a reunião entre nós e o governador”, pontuou Caveanha.

 

Eleições

Geraldo Alckmin é pré-candidato a presidente do Brasil pelo PSDB. Por isso, ele permanece no cargo de governador do Estado até abril, quando precisará obrigatoriamente se descompatibilizar para que possa estar apto a disputar as eleições gerais em outubro.

Portanto, neste momento, é natural que aumente o assédio de prefeitos em torno de Alckmin para que ele libere recursos estaduais aos municípios. Em contrapartida, Alckmin irá pedir o apoio político. Inclusive, o prefeito Walter Caveanha não descarta a hipótese de que o Governo do Estado libere mais recursos financeiros para Mogi Guaçu. “Acho que ainda dá tempo disto acontecer, sim. Vamos continuar buscando e aguardando as respostas. Certamente, outros deputados estaduais também vão vir em Mogi Guaçu e, quem sabe, também tragam mais verbas”, concluiu o prefeito.

prefeito walter caveanha e governador geraldo alckimin

SANEAMENTO
Martinho Prado terá nova Estação de Tratamento de Água

 Além da construção da nova escola para o ensino médio, Martinho Prado Júnior também receberá melhorias no saneamento básico. Para isso, o prefeito Walter Caveanha também está contando com o repasse a fundo perdido do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) no valor de R$ 390,4 mil, mas o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) também irá aplicar a contrapartida de pouco mais de R$ 26 mil.

Todos esses valores são para viabilizar o processo de desinfecção final no sistema de tratamento de esgoto doméstico.

prefeito walter caveanha escola martinho pradoCom isso, a ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) de Martinho Prado poderá lançar esgoto tratado ao meio ambiente com mais de 90% de desinfecção. “A licitação já foi realizada pelo Samae e a empresa vencedora terá seis meses para concluir a obra, ou seja, em setembro a ETE já estará com o processo de desinfecção concluído e funcionando”, previu o superintendente da autarquia, Elias Fernandes de Carvalho.

Ainda no saneamento básico de Martinho Prado Júnior, o Distrito irá ter uma nova ETA (Estação de Tratamento de Água). A ideia é que ela substitua a estação compacta que foi construída no fim da década de 1970. “Será uma ETA mais moderna e com maior capacidade para oferecer água tratada à população de Martinho Prado. O Samae vai abrir a licitação nas próximas semanas”, comentou Elias, ressaltando que o custo da obra para construir a nova ETA será de aproximadamente R$ 2 milhões e vão ser pagos pelo próprio Samae.

VERBA ESTADUAL
R$ 1,5 milhão será destinado para recape

Dos R$ 8 milhões destinados a Mogi Guaçu pelo Governo do Estado, R$ 1,5 milhão foi liberado para investimentos nas obras de recapeamento. Com este montante, Mogi Guaçu terá aproximadamente 70 mil metros quadrados de ruas que serão recapeadas. O secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, está aguardando a aprovação do prefeito para informar quais serão as ruas e avenidas que receberão o recape desta vez. “Na próxima segunda-feira (22), vou entregar a lista com os nomes das ruas para o prefeito e assim que ele aprovar vamos divulgar que ruas serão essas e o cronograma das obras”, disse.

Canteiros Rua Chico de PaulaNo entanto, Franceli já adiantou que a Rua Chico de Paula é uma das principais vias que consta desta lista. Outra avenida que também deverá receber a melhoria é a Carlos Braga de Faria. “São vias que sabemos que estão precisando de recape urgentemente e temos, sim, a meta de melhorar o asfalto desses pontos. Mas iremos fazer o serviço em outras vias também que dão acesso à região central e adjacências”, pontuou o secretário.

O prefeito Walter Caveanha (PTB) admitiu que o pedido de verbas ao Governo do Estado para o recape era maior, mas está satisfeito pelo fato de R$ 1,5 milhão já atender as necessidades mais urgentes de recape na cidade. “Nos últimos anos, graças também ao apoio do deputado estadual Campos Machado (PTB), Mogi Guaçu obteve R$ 7 milhões em investimentos para recape. Agora, mais uma vez fomos atendidos. Fico feliz porque das vezes em que estive com o Governador fomos sempre contemplados com algum recurso para o município”, finalizou Caveanha. (MDT com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Mogi Guaçu)

 

 

Post anterior

Solenidade marca troca de comando do 26º Batalhão

Próximo post

Respeitável público, com vocês a “Escola Sem Partido”. Aplausos!