Home»Cidade»Em Mogi, trabalhadores de Data Center paralisam serviços

Em Mogi, trabalhadores de Data Center paralisam serviços

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Da Redação

Os trabalhadores lotados no Data Center do Itaú em Mogi Mirim paralisaram os serviços hoje (1º) de manhã, a partir das 6 horas, em protesto contra a decisão de implementar a Lei nº 13.467 (reforma trabalhista) sem discussão alguma com os sindicatos. Entre as medidas anunciadas estão o fim das homologações das rescisões dos contratos de trabalho nos sindicatos.

Em carta aberta distribuída durante a manifestação, que é nacional, o Sindicato dos Bancários de Campinas e Região cobra abertura de negociação. A ação sindical conta com a participação de dirigentes de sete sindicatos filiados à Federação dos Bancários de SP e MS: Araçatuba, Franca, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro e São José dos Campos.

Batizado de CTMM (Centro Tecnológico Mogi Mirim) e inaugurado em março de 2015, o Data Center tem aproximadamente 500 funcionários, entre bancários e terceirizados, que executam serviços de processamentos e armazenamentos. A paralisação de hoje é a terceira realizada pelo Sindicato; a primeira aconteceu no dia 21 de outubro de 2015 e a segunda no dia 13 de setembro de 2016; ambas durante a Campanha Nacional da categoria visando a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho.

Greve Sindicato Bancários Data Center Itaú Mogi Mirim

Na quarta-feira (31), sob a coordenação do Sindicato, os trabalhadores do data center do Santander, instalado em Campinas, também paralisaram os pelo mesmo motivo dos bancários do Itaú.

 

Post anterior

Curtas: pedestre é assaltada e propriedades são invadidas

Próximo post

Prefeitura faz pregão para compra de pneus