Home»Cidade»Em Mogi, combate à dengue é intensificado na Zona Sul

Em Mogi, combate à dengue é intensificado na Zona Sul

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Da Redação

A próxima etapa da “Operação Zero Aedes Zero Sujeira” vai ser realizada neste sábado (27), na região Sul. Com a participação de aproximadamente 115 servidores, a ação organizada pela Secretaria de Saúde será iniciada a partir das 8h30 nos bairros Jardim Planalto, Residencial Floresta, Martim Francisco e nas Chácaras Sol Nascente e São Francisco.

As visitas às residências e comércios deverão prosseguir até às 16h00, período em que o cronograma de atividade prevê a orientação aos moradores sobre a prevenção ao Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.

A iniciativa terá o apoio das Pastas de Agricultura, de Serviços Municipais e de Educação. No entanto, a Vigilância em Saúde alerta que a colaboração da população na limpeza e conservação das residências é de suma importância no combate à transmissão.

“Temos que eliminar criadouros, a população precisa se conscientizar, se sensibilizar, olhar até debaixo da cama para ver se não tem nenhum criadouro desse mosquito. Uma tampinha de garrafa já é suficiente. Não podemos deixar esse mosquito nascer, porque está cheio, temos muitos criadouros”, alertou a coordenadora do órgão, Joalice Franco.

Procurar a assistência médica é outro ponto crucial. “Começou a sentir sintomas, a orientação é procurar atendimento médico. Todos os profissionais das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), seja o enfermeiro ou o técnico de enfermagem, estão à disposição para acolher, notificar e fazer os exames. Não precisa ser só o médico”, destacou.

 

Fumacê

A Prefeitura iniciou na quarta-feira (24) a nebulização veicular, pulverização de inseticida popularmente conhecida como fumacê, em bairros da Zona Leste, região com o maior número de casos positivos da dengue, 103 de um total de 197 confirmações. A operação abrange o Mirante, Jardim Elite, parte do Jardim Brasília e Vila Dias, Vila Universitária e Jardim Sbeghen, em um total de 50 quarteirões. O fumacê segue até sexta-feira (26), com início às 18h e duração até perto de 22h30. (Com informações da Secretaria de Relações Institucionais).

Previous post

Ciclista morre na SP-340 a caminho do trabalho

Next post

Prefeitura abre licitação para compra de caminhonete para a GCM