Home»Caderno Multi»É Carnaval: diversão e alimentação saudável na folia

É Carnaval: diversão e alimentação saudável na folia

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Quem vai curtir o Carnaval não precisa nem deve se descuidar da alimentação. Dá para curtir a festa sem exagerar na bebida e fazer escolhas saudáveis nas refeições. Hidratação é a palavra de ordem e deve se fazer presente mais do que purpurina nestes dias de Folia de Momo.

Quer se manter saudável durante a folia e acordar sem ressaca? A gente traz as dicas da nutricionista Josiéle da Rosa Souza.

Ah! E você acha que aqui, em Mogi Guaçu, ninguém se preocupa com alimentação nos dias de Carnaval? Engana-se! A educadora física Camila Victoriano Camargo, 36, leva a folia muito a sério. Ela é passista da Tom Maior, Escola de Samba que integra o Grupo Especial do Carnaval de São Paulo.

FOLIA

Refeições leves e saudáveis garantem energia

Para muitos o Carnaval começou sexta-feira (1º) e só termina na terça-feira (5), após cinco dias e noites na folia. Mas é como fica a alimentação? Ah! No Carnaval ninguém precisa se preocupar! Não é assim! A alimentação leve e a hidratação irão garantir dias saudáveis ao folião. E também muita energia para cair no samba.  

Josiéle
Josiéle

A nutricionista Josiéle da Rosa Souza recomenda não pular nenhuma das refeições: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Ou seja, manter a rotina alimentar. Pode parecer difícil, mas a profissional atenta que basta apenas saber fazer escolhas saudáveis. Afinal, sempre haverá um self-service com uma série de opções. Daí é só partir para a carne magra, legumes e muita verdura. E um suco natural.

Para o café da manhã, Josiéle recomenda caprichar na proteína, deixando os carboidratos para o almoço e jantar. “Carboidrato de baixo índice glicêmico como a batata doce. A carne branca também pode estar no prato”, atenta. Para o café da manhã, a proteína pode ser consumida nas formas de queijo branco ou iogurte, sendo que este último pode estar acompanhado de cereal integral. “O lanchinho da tarde pode ter uma barrinha de cereal, alimento que pode ser levado na mochila ou bolsa”, acrescenta a nutricionista.

A recomendação é fugir das refeições à base de gordura e evitar os alimentos dos quais não se sabe a procedência. Josiéle comenta que estamos em um período de calor em que os alimentos estragam facilmente. “E ainda tem a questão da contaminação”, atenta frisando a importância de pensar no valor nutricional do alimento e na higiene. Isso tudo pode garantir dias saudáveis de folia e mais disposição.

 

BEBIDAS

A cerveja e outras bebidas alcóolicas estarão no copo de muitos foliões. É fato. Mas para evitar a desidratação é recomendado intercalar este consumo com água. “Água de coco é um isotônico natural”, pontua a nutricionista. É importante hidratar-se porque ao transpirar se perde os nutrientes. E, claro, a sudorese aumenta com o consumo de bebidas alcóolicas.

Josiéle relata que quando a pessoa não faz todas as refeições ou fica logos períodos sem comer, pode ter enxaqueca e mal estar. “Com alimentação adequada e escolhas saudáveis, dá para evitar estes problemas”, pontua. Agora, depois de aprender a lidar com a alimentação durante a folia, a nutricionista diz que é preciso se preocupar com o pós-Carnaval. “Especialmente quem ingere bebidas alcoólicas”, diz aos lembrar dos cuidados com o fígado. 

Abaixo receita de suco detox para o pós-Carnaval. O produto deve ser consumido na hora. 

multi carnaval alimentacao josieli

SUCO DETOX

4 cenouras

1 maçã

1 suco de limão

2 laranjas

1 pedaço de gengibre

Bata todos os ingredientes no liquidificador, coloque gelo. Se preferir, pode acrescentar água de coco. Não é preciso coar.

EDUCADORA FÍSICA

Camila Camargo não descuida da alimentação

multi camila alimentacao carnava

Se existe alguém que leva a sério a alimentação saudável, especialmente durante o Carnaval, é a educadora física e personal traineer Camila Victoriano de Camargo, 36. Passista da Escola de Samba Tom Maior, de São Paulo, pelo terceiro ano consecutivo, ela sabe muito bem o quanto a alimentação faz diferença para aguentar o pique dos ensaios e do dia de desfile.

De olho no que a atividade exige, os ensaios ditam as regras da alimentação. “Exigem mais energia, mas eu também gasto mais porque ainda faço os treinos aeróbicos, então, evito a carne de frango e foco no peixe, verduras e ovos”, diz observando que carne vermelha já não faz parte do cardápio, há tempos. E entre ensaios e treinos, ela ainda conta com as atividades de um estúdio de pilates.

A hidratação é outro ponto destacado por Camila. Durante os treinos, ela consome dois litros de água e igual quantidade ao longo do dia, ou seja, quatro litros ao dia. A educadora física também come todos os dias no mesmo horário e pesa a comida, o que garante a ingestão da mesma quantidade todos os dias. “Não deixo de beber meu vinho branco. Cerveja, eu bebo muito pouquinho”, conta.

Camila diz não ter nenhuma dúvida de que a alimentação saudável e regrada garante energia para ser passista. Isto porque, os ensaios têm duração de uma hora, sem descanso. Ou seja, não é só nos dias de desfile que a passista tem de estar bem, mas também em todos os outros que antecedem a chegada do Carnaval. Portanto, foco 365 dias!

A Tom Maior desfilou sexta-feira (1º), às 5h45, sendo a última escola do Grupo Especial a entrar no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo.

multi camila alimentacao carnava

Post anterior

Arremesso Certo é campeão da II Copa de Basquete

Próximo post

Artigo: Bolsonaro foi eleito, mas são os filhos que governam