Home»Polícia»Duas pessoas foram golpeadas com faca durante a semana

Duas pessoas foram golpeadas com faca durante a semana

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Nesta semana, a Polícia Militar atendeu dois episódios de brigas que terminaram com duas pessoas esfaqueadas na cidade. O primeiro caso aconteceu na quinta-feira (23), no Jardim Brasília, onde Adriano José Lopes, 35, foi esfaqueado por um homem ainda não identificado.

O crime aconteceu na hora do almoço na Rua Poços de Caldas. Uma técnica de enfermagem, 44, relata no Boletim de Ocorrência que a vítima entrou em sua casa transtornada para discutir com sua ex-namorada, que é sua amiga e estava em sua residência junto com o atual namorado.

Com isso, os dois homens começaram a discutir até a briga se estender para fora da casa e no meio da rua Lopes foi golpeado na barriga pelo atual companheiro da ex-namorada. Após a agressão, o homem fugiu do local.

A vítima é morador do Jardim Chaparral e foi socorrida por uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a Santa Casa, onde passou por cirurgia e segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária (CPJ) como tentativa de homicídio, sendo que a identidade do autor ainda é desconhecida.

Já na manhã desta sexta-feira (24), duas estudantes, ambas de 18 anos, tiveram um desentendimento na Rua Aníbal F. de Godoy, no Jardim Almira. No Boletim de Ocorrência, uma das jovens conta que foi agredida na cabeça com cacos de azulejo que foram jogados pela sua agressora. Em seguida, com a intenção de se defender, ela tirou da cintura uma faca e golpeou o braço esquerda da estudante com quem estava brigando.

De acordo com a Polícia Militar, o ferimento no braço da estudante não foi grave, tanto que ela se recusou a receber atendimento médico. Ainda segundo a PM, informações colhidas no local dão conta de que as meninas brigaram por questões antigas da época de escola. O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) como crime de lesão corporal, na qual as duas são vítimas e autoras.

Previous post

Especial: Mães suspeitam que crianças foram dopadas

Next post

Atletismo de Mogi Guaçu é campeão do 23º Jori