Home»Destaque na Home»Dona de bar não aceita fechamento após cliente ser esfaqueado

Dona de bar não aceita fechamento após cliente ser esfaqueado

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Uma briga de bar, na Vila Maria, acabou com um dos envolvidos feridos por um golpe de faca na tarde desta sexta-feira (4). Os guardas civis Góis e Bueno souberam que os amigos bebiam junto quando houve um desentendimento entre eles. O agressor de 52 anos golpeou o companheiro de 43 anos no ombro. O agressor foi conduzido até a delegacia para interrogatório. A agressão ocorreu já na calçada do estabelecimento.

Os guardas civis Pontelli e Vagner socorreram a vítima até a Santa Casa. O médico de plantão disse que o ferimento foi sem gravidade e devido ao estado alcoolizado da vítima optou por deixar em observação. Aos guardas ele disse que não sabia dizer quem o agrediu.

esfaqueado briga bar vila mariaO acusado, também embriagado, disse que a vítima havia pegado a faca para agredir outro homem no bar, mais velho que eles, e apenas o segurou pelo braço para evitar que algo pior acontecesse e que foi a própria vítima que se lesionou e saiu correndo e gritando que tinha sido ferido. Após depoimento ele foi liberado e o delegado de plantão registrou a ocorrência como lesão corporal.

A equipe ROMU (Ronda Ostensiva Municipal) precisou do apoio do GAM (Grupamento de Apoio com Motos) porque a proprietária do bar não aceitava fechar as portas. Ela não apresentou alvará de funcionamento e enfurecida com a ordem de fechamento passou a atirar cadeiras e objetos do estabelecimento contra a guarnição. A mulher chegou a acertar uma cadeira no telefone público que fica na calçada e quebrar copos e garrafas. A mulher também teria lavado o local onde ocorreu a agressão e a faca não foi localizada.

Post anterior

Verão 2019 é tema do Senac Fashion Day

Próximo post

Duas motos são recuperadas pela GCM