Home»Caderno C»Dia do Samba tem Fundo de Quintal em Mogi

Dia do Samba tem Fundo de Quintal em Mogi

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Da Redação

O Dia Nacional do Samba, comemorado dia 2 de dezembro, mais uma vez, contará com uma programação especial, toda gratuita, em Mogi Mirim. Assim como no ano passado, a Secretaria de Cultura e Turismo realizará, no Teatro de Arena, dois dias de festa com direito a presença de grandes nomes do samba. A festa tem início neste sábado (30), com a apresentação do grupo Fundo de Quintal que sobe ao palco a partir das 19h30, para um show de aproximadamente 1h30 de duração.

“O Fundo de Quintal dispensa comentários, um grupo ícone do samba raiz, do samba tradição. Uma grande atração e que faz parte da comemoração de 250 anos de Mogi Mirim. Como o ano todo tivemos belas apresentações, não poderia deixar de ter no Dia Nacional do Samba uma atração tão grandiosa”, exaltou o secretário de Cultura e Turismo, Marcos Antônio Dias dos Santos, o Marquinhos.

A programação segue no domingo (1º), a partir das 11 horas, com o grupo Entre Amigos, responsável por animar o Domingo do Samba, promovido sempre no primeiro domingo de cada mês. Na sequência o Teatro de Arena recebe nomes de gabarito do samba, como Tia Surica, integrante da velha-guarda da Escola de Samba Portela.

As baterias da Asas Show e da Verde e Rosa têm presença confirmada no evento, assim como o intérprete, compositor e produtor musical Leonardo Bessa, ex-puxador da Acadêmicos do Salgueiro. A cantora, compositora, interprete e sambista Grazzi Brasil é mais um nome confirmado para o evento.

Royce do Cavaco, cavaquinista, cantor e compositor brasileiro é outro nome presente na programação. Ele ocupa o posto de intérprete oficial da Rosas de Ouro. Cris Alves, rainha do Carnaval do Rio de Janeiro em 2012, musa do Salgueiro, e Selminha Sorriso, porta-bandeira da Beija Flor de Ninópolis, completam o time de atrações. A programação no domingo deve se estender até às 21 horas.

Ao longo dos dois dias de festa, o público terá à disposição completa praça de alimentação, além de feira de artesanato e pórtico em formato de mestre-sala e porta-bandeira para fotos.

Previous post

Editorial: Mais um capítulo

Next post

Padroeira: novena é iniciada e dia 8 terá programação