Home»Cidade»Dengue pode ter causado morte de jovem

Dengue pode ter causado morte de jovem

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Vigilância de Endemias de Estiva Gerbi aguarda o atestado de óbito de uma jovem de 24 anos para confirmar a causa da morte. Beatriz Alves Baptista morava com a família no bairro São José, em Estiva Gerbi.

Ela morreu na última sexta-feira (5), no Hospital São Francisco, e o caso é acompanhado pelo coordenador da Vigilância de Endemias, Rogério Gomes Rodrigues.

Segundo ele, a jovem tinha a confirmação de dengue e, por isso, existe a suspeita de que a doença tenha provocado a morte dela. “Ela esteve internada no Hospital São Francisco, chegou a ter alta e ao passar mal novamente voltou a ser internada. Ainda aguardamos o relatório do hospital e o atestado de óbito, uma vez que havia a confirmação de dengue”, explicou o coordenador.

beatrizRodrigues comentou que ainda não conseguiu contato com a família por conta do momento difícil, mas que a equipe ainda fará busca ativa no local. “A família está muito abalada e voltamos embora. Vamos aguardar um melhor momento para falar com eles. Nossa surpresa é que aqui em Estiva não temos nenhum caso confirmado autóctone de dengue. Provavelmente o caso é importado e a morte pode ter sido em decorrência da doença que ataca todo o sistema do paciente. Suspeitamos que tela tenha pego a doença em outra cidade”, comentou.

No ano passado, Estiva Gervi fechou o ano com quatro casos confirmados de dengue. “No caso dessa paciente temos ciência do positivo para a dengue, mas ela não passou pelo atendimento da rede municipal e, por isso, temos que aguardar os laudos para a confirmação da morte. Mas tudo indica que a morte ocorreu em decorrência da dengue”.

No sábado (6), uma homenagem foi feita a Beatriz durante a 1ª Copa de Basquete que é realizada no ginásio Ari Machiori.

Post anterior

GAZETA GUAÇUANA, 6 de janeiro de 2018

Próximo post

Chuvas diminuem, mas não param nesta quarta-feira