Home»Polícia»Curtas: traumatismo em bebê, roubo e furto de peças

Curtas: traumatismo em bebê, roubo e furto de peças

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Bebê de 2 meses com trauma de crânio

A menina de dois meses deu entrada na Santa Casa com traumatismo craniano, na tarde de quinta-feira (12). Os guardas civis Sérgio e Daniele foram chamados e conversaram com o pai da criança, de 20 anos. Ele disse que estava na cama com a filha, a esposa e o irmão de 10 anos jogando videogame. Em determinado momento, o irmão que é hiperativo desceu da cama e acidentalmente teria escorregado acertando sem querer o cotovelo na cabeça da menina. O casal socorreu a filha até a UPA/PPA e de lá foi solicitada a transferência para a Santa Casa onde a bebê continua internada. O Conselho Tutelar foi acionada para acompanhar o caso.

 

Mãe denuncia diretora escolar

A mãe de uma menina de 9 anos foi até a delegacia registrar o Boletim de Ocorrência contra a diretora de uma escola pública do Ypê Pinheiro. A mãe disse que a filha faz uso diário de insulina e, por isso, leva consigo o remédio e o medidor da glicemia. Ela contou que a menina solicitou à diretora, que guarda o remédio, a entrega do medicamento e que esta disse que não iria entregar. A denúncia foi registrada ao anoitecer da quinta-feira (12) e a investigação vai apurar o que realmente aconteceu no ambiente escolar.

 

Furto em veículo oficial

O chefe do setor de almoxarifado da Secretaria de Educação chegou para trabalhar por volta das 6h45 desta quinta-feira (12), quando percebeu algo errado no veículo de serviço. Ele disse que tentou dar partida no veículo Gol, cedido pela Proguaçu, mas que o mesmo não ‘pegava’. Ele acionou o mecânico que notou a falta da bomba de combustível e também percebeu a falta do estepe. A perícia não pode ser acionada porque o conserto do veículo já tinha sido providenciado.

 

Vendedor é assaltado no Centro

Era por volta das 21h da quinta-feira (12), quando um vendedor de 26 anos caminhava pela calçada da Rua Sargento Aviador Osvaldo Fernandes. A vítima disse que repentinamente foi abordada por dois homens em uma motocicleta e o garupa desceu do veículo e armado de revólver anunciou o assalto e levou seu relógio Speedo, R$ 60 e o celular Galaxy A5. Ele disse que a ação foi rápida e que ambos usavam capacetes cor preta.

Post anterior

Editorial: Aprovação sob pressão

Próximo post

Futebol Base: Rodada define finalistas e semifinalistas