Home»Destaque na Home»Curtas: roubo no ponto de ônibus, presos em Martinho Prado e tráfico

Curtas: roubo no ponto de ônibus, presos em Martinho Prado e tráfico

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Assalto no ponto

A estudante de 26 anos estava em um ponto de ônibus, às 21h40, da sexta-feira (4), quando foi vítima de roubo. O ponto fica na Avenida Bandeirantes. Ela contou que estava sozinha quando três rapazes passaram por ela e um deles sentou no ponto. Em seguida sacou uma arma e levou os pertences pessoais da sua bolsa. Após o roubo ela foi até a delegacia e registrou a ocorrência e passou as características aos policiais.

 

Dois presos por roubo

Os guardas civis Machado e Gaspar receberam denúncia na Base Comunitária do Distrito de Martinho Prado de que uma residência estaria sendo invadida por três ladrões. Era 20h45 da sexta-feira (4). Assim que chegaram ao endereço avistaram os suspeitos pulando o muro em fuga. Um dos invasores foi detido em um terreno ao lado da casa. Ele tentava se esconder entre alguns arbustos e estava com uma faca e três celulares. Dois aparelhos tinham sido roubados do morador da casa invadida. O outro celular que ficou apreendido na delegacia seria de um casal roubado horas antes pelo Distrito. O outro ladrão foi detido pela estrada vicinal Almino Afonso. O delegado de plantão determinou a prisão em flagrante de Wesley Moreno Santiago Costa, 19 anos, e Heleno Bezerra da Silva, 25, ambos moradores de Conchal. A vítima foi feita refém com o filho e disse que, além da faca um dos invasores usava um revólver e exigiam dinheiro e fugiram com os celulares assim que ouviram a aproximação da viatura.

 

Tráfico em condomínio

Policiais militares patrulhavam o Residencial Moacir Guzoni, na tarde de sexta-feira (4), quando avistaram dois jovens trocando algo. Assim que avistou a viatura, o jovem Matheus Henrique Celestino, 18 anos, jogou algo nas escadas de um bloco e sentou-se perto de outro rapaz de 22 anos. Os policiais Adilson e Burgês revistaram Matheus e com ele havia R$ 100 escondidos na cueca e outros R$ 100 que haviam sido jogados na escada juntamente com cinco tabletes de maconha. O outro rapaz disse que tinha ido ao local apenas para comprar entorpecente. Na delegacia ele foi liberado. O delegado José Emídio de Carvalho Silva determinou a prisão em flagrante de Matheus por tráfico.

 

Perdeu os filhos

Guardas Civis e Conselheiros Tutelares retiraram três crianças da residência onde moravam com os pais, cumprindo um mandado judicial. Segundo histórico apresentado pelo juiz, o casal faz uso de entorpecente e não apresenta mais condições de criarem os filhos. As crianças foram levadas na sexta-feira (4) para a casa da avó paterna que terá a guarda das crianças.

Post anterior

Em jogo equilibrado, Ipiranga segura Itaqui na 1ª Divisão

Próximo post

Curtas: Dia de fúria, animais envenenados e violência doméstica