Home»Polícia»Curtas: ladrão esquece revólver, sequestro-relâmpago, golpe em idosa

Curtas: ladrão esquece revólver, sequestro-relâmpago, golpe em idosa

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Ladrões esquecem revólver

O comerciante de 39 anos, residente no Jardim Santa Madalena, contou que foi abordado por cinco pessoas, incluindo uma mulher, na noite de segunda-feira (4). A vítima foi obrigado a entrar com os ladrões em sua casa. Lá dentro os ladrões foram direto buscar alguns objetos e roubaram dois televisores, quatro celulares, dois notebooks, R$ 200 levando o Citröen C3, cor branca. Na fuga, os ladrões deixaram para trás um revólver calibre 38 que foi apresentado na delegacia. Após pesquisa da numeração, os policiais chegaram ao dono da arma que será investigado. Horas depois, guardas civis de Mogi Mirim localizaram o veículo abandonado no Parque das Laranjeiras.

 

Sequestrado no Jd. Bela Vista

Um pizzaiolo de Jaguariúna de 38 anos sofreu um sequestro-relâmpago pelo Jardim Bela Vista, na manhã de domingo (3). Ele disse que estacionou o veículo Megane/Renault pelo bairro e ao retornar e tentar sair com o carro foi fechado por um Gol, cor preta. Em seguida, desceram dois homens, um armado com revólver. Um deles tomou a direção do carro e o outro o obrigou a deitar no banco de trás.  Os assaltantes fugiram e durante todo o trajeto usavam touca para esconder o rosto. A vítima foi abandonada no trevo de Espírito Santo do Pinhal. Além do veículo, os ladrões levaram R$ 300.

 

Roubo no Jd. Rosa Cruz

A vítima de roubo de veículo, um engenheiro de 28 anos, contou aos policiais que estava saindo de sua residência, no Jardim Rosa Cruz, quando foi abordado assaltado. O roubo ocorreu às 11h30 do domingo (3). Ele disse que o Montana, vermelho, estava estacionado em frente de casa e foi abordado por um homem armado com revólver obrigando-o a entregar a chave do veículo, além da aliança, corrente, dois celulares e R$ 60.

 

Furto da rescisão e FGTS

A empregada doméstica de 36 anos e o marido chegavam na residência, no Jardim Nova Odessa, na noite de sábado (2), quando constataram que ladrões levaram todo o dinheiro do acerto trabalhista dela. Para levar R$ 30.500 o ladrão pulou o muro e entrou na casa quebrando a janela do quarto e o vidro da cozinha. Além do dinheiro, levaram os documentos pessoais e as chaves da casa onde ela trabalhava.

 

Furto de carteira em loja

A dona de casa de 60 anos só percebeu que a carteira e os R$ 100 tinham sido furtados da bolsa quando chegou no caixa para pagar a compra. A idosa estava em uma loja bem movimentada da Rua Paula Bueno, na manhã de sábado (2) e, sem perceber, abriram o zíper da bolsa e pegaram a carteira. Só depois do susto ela se lembrou de que uma mulher, de cabelos encaracolados, lhe chamou a atenção para perguntar algo sobre alguns produtos à venda. Ela então acredita que uma comparsa se aproveitou do momento de distração e abriu a bolsa.

 

Roubo em ônibus circular

Era por volta das 6h20 da manhã de sábado (2), quando o motorista da Linha Santa Terezinha-Centro parou em um ponto no Jardim Zaniboni. O passageiro que havia solicitado a parada entrou e já anunciou o roubo pegando os R$ 55 do caixa que seria usado de troco no pagamento de passagens.

 

Ambulante tem carro roubado

O veículo Quantum, cor vermelha, estava estacionado nas proximidades do Hospital São Francisco, no Parque Cidade Nova. Quando o mascate de 51 anos chegou ao local em que estava estacionado percebeu o furto. O carro estava carregado com um tapete, um colchão de casal, roupas de mesa e banho, além de panela.

 

Post anterior

Prendas da festa junina são furtadas da APAE

Próximo post

1ª etapa de troca de luminárias chega à reta final