Home»Destaque na Home»Curtas: golpe pela internet e perfil falso no Facebook

Curtas: golpe pela internet e perfil falso no Facebook

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Por Alair Junior

Comerciante vítima de golpe

Uma comerciante que pediu para não ter o nome revelado esteve na Central de Polícia Judiciária na manhã de segunda-feira (29) onde relatou ter sido vítima de um golpe pela internet. Ela explicou que acessou um site especializado em vendas da China onde realizou a compra de um celular pelo valor de R$ 850 gerando um pagamento que realizou através de um cartão de crédito. Contudo, no dia seguinte, ao retornar ao site para verificar o andamento da compra, foi informada que o pedido não existia. Ao consultar a operadora do cartão de crédito descobriu que havia caído em um golpe e que seu cartão havia sido utilizado para compras diversas em outros sites, totalizando um prejuízo de R$ 2,5 mil. Ela bloqueou o cartão e comparece a delegacia para registro do Boletim de Ocorrência, orientada pela gerência de sua agência bancária.

 

Empresário denuncia falsificação de assinatura

O empresário Marco Sabino teve sua assinatura falsificada na cidade de Campinas. Ele esteve na Central de Polícia Judiciária de Mogi Guaçu na tarde de segunda-feira (29) onde relatou que recebeu, no dia 21, via correio, uma alteração contratual constando um atendo referente a documentação de sua empresa. O documento contém uma assinatura falsificada em seu nome e ele afirma não ter assinado e nem ter sido avisado da existência de tal documento. O papel foi enviado pela junta comercial de Campinas. O fato será investigado pela polícia como uso de documento falso – Art. 304.

 

Estudante denuncia perfil falso na rede social

O estudante Antônio Marcos Brunheroto Junior, de 21 anos, esteve na Central de Polícia Judiciária nesta segunda-feira (29) para denunciar um perfil falso na rede social Facebook em nome de Jaime Souza. Ele relatou que essa página tem utilizado suas fotos pessoais, que foram copiadas do seu perfil oficial da mesma rede. O autor da falsificação ainda oferece, pelo FB, venda de carteiras de motoristas falsificadas. O fato será investigado pela polícia como Difamação – Art. 139.

 

Flagrante de furto

O jardineiro Douglas de Freitas Mota, de 26 anos, morador do Jardim Ypê V foi preso na noite desta segunda-feira (29) acusado de invadir e furtar uma loja na Rua XV de Novembro, no Centro. O crime aconteceu por volta das 22h30 em uma loja de roupas. Depois de invadir o estabelecimento pelo telhado, Douglas tentou fugir invadindo uma lanchonete, que é o comercio vizinho, no entanto, a dona da lanchonete percebeu a invasão e avisou a Polícia Militar. Rapidamente, os PMs Lizeiro e Felipe encontraram o autor na Rua 13 de Maio. Ele portava um celular subtraído da loja de roupas. Levado para o Plantão Permanente da Central de Polícia Judiciária, Douglas foi autuado em flagrante e permaneceu preso aguardando audiência de custódia.

Post anterior

Jéferson diz que sua pré-candidatura a deputado é pouco provável

Próximo post

Homem tenta furtar bicicleta e é agredido por populares