Home»Destaque na Home»Curtas: estupro, golpe do sequestro e bebê salvo

Curtas: estupro, golpe do sequestro e bebê salvo

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Guarda flagra estupro

Guardas civis de Estiva Gerbi conseguiram prender um homem que estuprava um adolescente de 13 anos, na tarde de terça-feira (5). O crime de estupro de vulnerável ocorria às margens da linha férrea nas proximidades da antiga Estação Fepasa. Uma pessoa que passava pelo local viu a cena e ligou para a Guarda.  Os guardas Gomes e Leomar, do Canil, localizaram o estuprador e o adolescente em meio uma mata, às margens da linha e o Córrego dos Ypês. Os dois estavam deitados, um ao lado do outro. A caminho da delegacia, o garoto contou ao Conselho Tutelar e ao delegado, que foi abusado sexualmente no dia anterior e naquele dia. Ele disse trabalha junto com o estuprador em um sítio e que é abusado há dois meses. Disse que não o denunciou por medo das ameaças que sofria. Joaquim Brandino, 52 anos, confirmou o ato. Exames de Corpo de Delito comprovaram o estupro. O delegado Dalton David Ferreira dererminou a prisão em flagrante de Joaquim Brandino.

 

 

Agressão na Av. Oscar Chiarelli

Um motorista de 55 anos trafegava pela Avenida Oscar Chiarelli, no Centro, na manhã de segunda-feira (4), quando foi cercado e obrigado a parar a motocicleta. Ele contou aos policiais militares Teodoro e Zanco que repentinamente dois homens saíram da mata que margeia o rio Mogi guaçu e invadiram a pista. Assim que ele parou a moto, foi agredido e teve a mochila roubada, assim como a moto. Em buscas pelo local, os policiais encontraram a motocicleta jogada na mata. O motorista foi levado pelo Samu até o Pronto Socorro onde permaneceu em observação.

 

Golpe do Sequestro

Uma auxiliar de escritório de 46 anos foi vítima do golpe do sequestro, nessa segunda-feira (4). Ela disse que recebeu uma ligação por volta das 13h e o homem dizia ter sequestrado o filho dela, exigindo que não desligasse o celular e também manteve ocupada a linha do telefone fixo da residência. Pra libertá-lo, ela deveria fazer o depósito de R$ 1 mil. Ela foi até o banco, sacou o dinheiro e fez o depósito. E só desconfiou quando o homem passou a exigir mais dinheiro. Ela conseguiu acessar a rede social do filho e ele estava on line e respondeu que estava tudo bem. O banco ficou de fazer o estorno do depósito, caso o dinheiro não tivesse sido sacado.

 

Em cima da ponte

Uma adolescente de 16 anos tentou pular da Ponte de Ferro, da Avenida dos Trabalhadores, na tarde de segunda-feira (4). A ação foi vista por quem passava e foi uma amiga da jovem que ligou para os pais dela pedindo ajuda. Com apoio do Samu, a garota foi levada para o Pronto Socorro e depois transferida para o Hospital São Francisco. A adolescente faz tratamento há três anos contra a depressão e já tentou o suicídio outras vezes.  Antes de chegar ao local, foi confirmado que a jovem havia ingerido bebida alcoólica.

 

Barraca em área verde

Guardas civis apoiaram funcionários da Secretaria de Serviços Municipais para desmontar um abrigo feito na mata do Jardim Hermínio Bueno. O local já foi cenário de roubo recentemente. No local, os funcionários destruíram uma barraca e recolheram lixo amontoado na mata. A limpeza foi realizada na segunda-feira (4).

 

Guardas salvam bebê

Guardas civis de Estiva Gerbi salvaram uma criança de um ano, na noite do dia 1º. Após a queda, o menino foi encontrado em parada cardiorrespiratória. A mãe contou que o filho caiu na hora do banho e bateu a cabeça no chão, entrando em convulsão cerca de 15 minutos depois do acidente. Em desespero, a mãe correu até a sede da Guarda com o filho no colo. Os guardas Del Passo, Juliana e Rodrigues fizeram os procedimentos de reanimação e conseguiram estabilizar a criança até a chegado ao Pronto Socorro da cidade e depois transferido para Mogi Guaçu, no Hospital São Francisco.

Post anterior

Nova biblioteca da “Franco Montoro” fica pronta em janeiro

Próximo post

Cartório Eleitoral funciona no feriado deste dia 8