Home»Destaque na Home»Curtas: Centro de Saúde é invadido e homem é preso por violência doméstica

Curtas: Centro de Saúde é invadido e homem é preso por violência doméstica

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Invasão Centro de Saúde

Na madrugada desta quinta-feira (4), um homem, de 48 anos, foi detido pela Guarda Civil Municipal dentro do Centro de Saúde “Dr. José Seixas Pereira”, no Centro. A empresa de monitoramento do prédio informou que o alarme do local estava disparado. Os guardas civis Machado e Bussolari foram até o local e quando o invasor viu a viatura da GCM correu para os fundos do pátio. No entanto, o homem, que é morador de Mogi Mirim, do bairro Paraíso da Cachoeira, foi abordado e encaminhado ao plantão policial, onde foi pedido que ele fosse levado ao Hospital Municipal “Dr.Tabajara Ramos” para cuidados médicos, já que tinha ferimentos no rosto e no braço direito. Ele contou que os machucados foram provocados pela mulher. Em seguida o invasor foi liberado.  E no centro de saúde nada foi danificado.

Violência Doméstica

Um montador, de 30 anos, foi preso em flagrante na noite desta terça-feira (3), na Vila São Carlos, por violência doméstica. A vítima, uma dona de casa, de 26 anos, contou a GCM que ela e o companheiro se desentenderam e ele acabou a agredindo com socos e pontapés. Diante disso, no período da manhã, ela foi até a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) e registrou um Boletim de Ocorrência. Já à noite, os dois voltaram a brigar e o montador danificou utensílios domésticos e jogou as roupas da mulher e do filho dela, de cinco anos, na rua, momento em que ela chamou a GCM e o acusado acabou sendo levado à Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde foi autuado em flagrante por violência doméstica, ficando á disposição da Justiça. Em sua versão, o montador alegou ser usuário de entorpecente, tanto que disse que já havia cumprido pena de quatro anos por tráfico de drogas. No plantão policial ainda constataram que ele tem passagem também pelo crime de furto.

Post anterior

Quase tudo pronto para a 20ª ExpoGuaçu

Próximo post

Servidores rejeitam proposta de reajuste da Prefeitura