Home»Polícia»Curtas: baleado e golpe do resgate

Curtas: baleado e golpe do resgate

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Comerciante é baleado, na Estiva

Por volta da meia noite desta quarta-feira (26), os policiais militares Diego e Simione foram chamados até ao bairro Jardim Anhumas, onde havia uma vítima de tentativa de homicídio. O comerciante Mário Jonas Rosa, 20 anos, foi baleado no rosto e socorrido por populares até ao Pronto-Socorro. Devido à gravidade, Mauro foi transferido para a Santa Casa de Mogi Guaçu. O disparo atingiu um dos olhos. Segundo apurado pelos policiais, a vítima trafegava com o veículo do pai, uma Saveiro, quando foi abordada por três homens em um veículo Gol, cor vinho. Um dos homens, armado, efetuou o disparo.

 

Golpe do ‘resgate da moto’

O proprietário de uma Yamaha XTZ, cor preta, teve o veículo furtado, na tarde desta quarta-feira (26). A moto estava estacionada próximo ao shopping. Enquanto aguardava para registrar a ocorrência, um colega de trabalho que o acompanhava recebeu uma ligação, de número privado, e a pessoa queria falar com o dono da moto. Do outro lado a pessoa pediu R$1.500 para devolver o veículo, mas aceitou um depósito de R$ 500 a ser feito em uma lotérica da Avenida Emília Marchi Martini. Durante todo o tempo, a vítima não podia desligar o telefone e a todo o momento era informado que a moto estava chegando. Assim que efetuou o depósito a pessoa desligou.

 

Garçom iria furtar moto

No fim da tarde desta segunda-feira (24), uma balconista de 47 anos estava trabalhando quando, pela vitrine da loja, percebeu que um homem mexia em sua motocicleta Shineray XY 50. Ela gritou e imediatamente o suspeito saiu caminhando, disfarçadamente. Ao verificar se havia danos na moto, a balconista percebeu que o ‘miolo’ da ignição estava estourado. Imediatamente ela pediu ajuda para guardas civis que patrulhavam a região central. A cerca de 100 metros, o garçom Caio Tomas Sarris Brazão, 25 anos, foi detido com um capacete e uma chave falsa (mixa). Ele contou que receberia certa quantia em dinheiro para levar a moto até Jaguariúna. Caio não pagou a fiança e permaneceu preso até ser ouvido em audiência pelo juiz da Vara Criminal.

Acidente com torcedores

O Botafogo Futebol Clube, de Ribeirão Preto, postou uma nota no site oficial do time em solidariedade aos torcedores que foram vítimas de um acidente de trânsito, na noite do último dia 22, sábado. A van com os torcedores retornava a Ribeirão Preto após a partida contra o Mogi Mirim Esporte Clube, válida pelo Campeonato Brasileiro da Série C. No capotamento, nove pessoas ficaram feridas. Todas foram levadas para a Santa Casa de Mogi Guaçu. A van capotou no km 196 da Rodovia SP 340. Um dos pneus estourou, o que teria provocado o acidente.  A torcedora Julia Vasconcellos passou por um procedimento cirúrgico e continua internada.

 

 

Post anterior

PR aposta em Daniel Rossi para candidato

Próximo post

Jonathan Nemer no Teatro Tupec