Home»Destaque na Home»Curtas: acidente, agressão e incêndio

Curtas: acidente, agressão e incêndio

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Freada brusca

Na manhã desta quarta-feira (6), uma doméstica ficou ferida após o ônibus em que ela estava ter freado de forma brusca para passar em uma lombada, no Jardim Novo II. O motorista do coletivo, de 54 anos, relata no Boletim de Ocorrência, que transitava pela Rua Antônio Luiz Filho, quando freou o veículo para passar em uma lombada. No entanto, a freada saiu brusca porque a lona de freio do ônibus estava molhada devido à chuva, o que provocou uma pequena falha no freio. Com isso, a doméstica bateu o rosto no banco da frente e cortou o supercílio direito. A mulher foi socorrida pelo motorista até o Posto de Pronto Atendimento (PPA), onde foi medicada e liberada.

 

Agressão

Um aposentado, de 66 anos, foi agredido na madrugada desta quarta-feira (6) pelo próprio sobrinho, no Jardim Novo II. Ele contou a Guarda Civil Municipal que foi até o Posto de Pronto Atendimento (PPA), onde ele passou por atendimento médico, que por volta das 2h15 estava no portão de sua casa quando seu sobrinho, que mora em frente, veio em sua direção e o golpeou no rosto com um objeto que ele não conseguiu identificar. Com o golpe, o aposentado disse que caiu e ficou inconsciente. Ele foi socorrido por familiares.

 

Incêndio

Na noite de quarta-feira (6), uma casa da Rua Senafonte Perina, no Jardim Itamaraty quase foi tomada por um incêndio que foi contido a tempo graças a uma vizinha que percebeu as chamas na sala e logo chamou o Corpo de Bombeiros. No Boletim de Ocorrência da Guarda Civil Municipal, a mulher conta que por volta das 22h45 saiu no portão de sua casa e percebeu um fogo alto na sala da casa vizinha. Ela ainda relata que quando os bombeiros chegaram o fogo já havia sido apagado por ela e outras pessoas com uma mangueira. O Corpo de Bombeiros entrou no imóvel e constatou que o local estava sem moradores. Isso porque, os donos da casa estavam viajando.

Post anterior

Rocam apreende cocaína após perseguição policial

Próximo post

Geoprocessamento custará R$ 2,4 milhões