Home»Cidade»Creche seguirá com atendimento parcial do maternal I e II

Creche seguirá com atendimento parcial do maternal I e II

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Apesar de o vereador Natalino Tony Silva (REDE) ter manifestado durante a sessão da Câmara Municipal sobre a queixa de alguns pais em relação ao horário de funcionamento da creche do Jardim Boa Esperança, a Secretaria Municipal de Educação não promoverá mudanças no ano letivo de 2020. O CEI (Centro de Educação Infantil) “Clotilde Miachon Bueno” oferece berçário em tempo integral, sendo os alunos do maternal I e II atendidos em período parcial.

Segundo o vereador, os pais têm enfrentando um dilema por causa do horário de funcionamento da creche. “Lá, não existe período integral. Os pais têm que escolher. Ou os filhos vão para a creche de manhã, das 7 horas ao meio-dia. Ou vão à tarde, das 13 às 17 horas”.

A justificativa do vereador é de que os pais não têm onde deixar os filhos. Daí a necessidade do ensino em tempo integral. “Onde essa criança vai ficar para os pais trabalharem com tranquilidade?”, questiona especificando que os pais querem o funcionamento das 7 às 17 horas.

O supervisor de ensino da Secretaria Municipal de Educação, Paulo Paliari, informou ainda que a mudança não ocorreu de forma aleatória, mas foi fruto de avaliação quanto à demanda. Isto porque, parte da clientela assistida pela creche do Jardim Boa Esperança foi assumida pela creche Ernest Mahle, no Jardim Ypê Pinheiro.

Desta forma, a creche manteve o atendimento integral para o berçário e adotou o período parcial para os maternais I e II. Não haverá mudança para o próximo ano letivo, sendo que o chamamento público para condução dos trabalhos da creche já foi feito e contempla os horários em andamento.

Previous post

Artigo: Quem é esse rapazola?

Next post

Presidente da Câmara oferece dinheiro para Caveanha