Home»Conta Tudo»Conta Tudo e os bastidores da política

Conta Tudo e os bastidores da política

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Eleitos precisando ter mais jogo de cintura, a corrida por indicações a Secretarias Municipais e o “fantasma” chamado Justiça Eleitoral. São os bastidores da política.

Conta Tudo

Nem bem começaram os seus mandatos e alguns dos vereadores eleitos em outubro já têm dado sinais de que não serão de fácil trato. Precisarão de jogo de cintura para lidar com as críticas, principalmente dos que se inflamam nas redes sociais. Mas não é caso para ficar desanimado, afinal há políticos experientes por aí, de vários mandatos, que ainda estão longe de conseguir manter um bom relacionamento com a imprensa e com seus eleitores mais críticos.

Conta Tudo

Enquanto por aqui ainda há muita gente na expectativa para entrar na lista de indicados para as secretarias no próximo mandato de Walter Caveanha, em Mogi Mirim o anúncio já foi feito – ajustes também. Um deles é a saída da vice-prefeita eleita Lucia Tenório da Saúde – por uma decisão pessoal – para a entrada de Elias Rezek Ajud, que também disputou as eleições para prefeito em outubro. CNB já havia avisado que ajustes poderiam acontecer e o importante era contar com a colaboração de todos e manter o projeto de colocar Mogi Mirim novamente nos trilhos.

Conta Tudo

Se em Mogi Mirim Carlos Nelson Bueno já pode dormir tranquilo após decisão do TSE que negou dar prosseguimento aos recursos que pediam a impugnação de sua candidatura, em Mogi Guaçu ainda há político eleito preocupado em acertar as contas com a Justiça. É o caso de Jéferson Luís que pode ter problemas para ser diplomado por causa de um apontamento irregular feito pelo TCE-SP à prestação de contas final de sua campanha eleitoral. Não é um daqueles problemas cabeludos, mas vai ter que explicar como seu ex-assessor, desempregado, doou mil reais para sua campanha.

Conta Tudo

A Rádio Vale Verde FM, de propriedade do prefeito Walter Caveanha e de Elias Fernandes de Carvalho voltou a operar na cidade. Até o final do mês passado, o dial era ocupado pela Rádio Mais FM. Com o fim das atividades após 7 anos, a Mais abriu espaço para a Vale Verde e interlocutores próximos aos proprietários dizem que há estudos para resgatar o “projeto” da antiga rádio que fica no Serra Dourada – só não se sabe se politicamente também. 

trofeu*O troféu “Ajudamos sim” vai para a presidente do PSDB de Mogi Guaçu, Maria Otília Papa, que não gostou nada da declaração do vereador Jéferson Luís de que com mais alguns votos “perdidos”, segundo ele,  não precisaria nem do grupo que o elegeu (PROS-PSDB-REDE-PSB) para alcançar o segundo mandato. Não caiu bem.

Semana que vem, em clima cada vez mais Natalino – nesse caso não do vereador eleito -, tem mais Conta Tudo.

Post anterior

Emef do Jardim Planalto não terá 1º ano

Próximo post

Cerâmica Clube é campeã dos 15º JOMI