Home»Política»Construção de viadutos depende da abertura de licitação

Construção de viadutos depende da abertura de licitação

3
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O vice-prefeito Daniel Rossi (PR) está esperando a vinda em Mogi Guaçu do novo ministro dos Transportes, Valter Casimiro Silveira. Ele virá para anunciar a liberação de R$ 14 milhões que serão investidos na construção de dois viadutos na cidade. Vale ressaltar que esta verba federal não é empréstimo ou convênio. Ou seja, Mogi Guaçu não terá de pagar esse valor ao Governo Federal. Tanto a conquista dos R$ 14 milhões quanto à vinda do ministro no Município estão sendo intermediadas pelo deputado federal Márcio Alvino, que também pertence ao PR. “O dinheiro já está destinado para Mogi Guaçu. Isso é fato. Agora precisa somente que o ministro dos Transportes oficialize a abertura da licitação para que a empresa que vencer a concorrência dê início às obras aqui, na cidade”, frisou Daniel.

A expectativa é de que a abertura da licitação seja assinada pelo ministro dos Transportes até o próximo mês de junho.

Os viadutos previstos para serem construídos será um no Jardim Novo I e outro na Avenida Emília Marchi Martini. O deputado Márcio Alvino ressaltou que a construção destas duas obras é o único pedido que ele tem junto ao Ministério dos Transportes referente ao Estado de São Paulo.

Também é válido explicar que o projeto de construção dos dois viadutos já estão aprovados pelo Denit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), em São Paulo. Isso porque, o Denit é o órgão responsável apenas pelas ferrovias e não pode fazer obras sobre os rios, como pontes, por exemplo. Por isso, o Denit já autorizou a construção dos dois viadutos, já que ambos vão passar sobre trechos da ferrovia Centro Atlântica, tanto no Jardim Novo I quanto na Avenida Emília Marchi Martini.

 

 

 

Post anterior

1ª rodada do Cinquentão teve até goleada de 7 a 1

Próximo post

Adolescente com drogas no Novo Itacolomy