Home»Cidade»Conselho de Proteção e Defesa dos Animais é formado

Conselho de Proteção e Defesa dos Animais é formado

A eleição da diretoria, sendo a presidência assumida por Claudinei da Silveira, o Nei, também foi feita

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Representantes da sociedade civil e da Administração Municipal compõem o recém-formado Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais que tevê a primeira reunião no início da noite de quinta-feira (7), na sala de vídeo “Célia Maria Stábile”, no Centro Cultural. Aconteceu também a eleição da diretoria, sendo a presidência assumida por Claudinei da Silveira, o Nei, que também está à frente da Kapa (Kamael – Associação de Proteção aos Animais).

A reunião de apresentação do órgão foi feita pelo secretário de Governo, Márcio Antonio Ferreira, que ainda dirige a FMPFM (Faculdade Municipal Professor Franco Montoro). “Todos que estão aqui foram indicados para compor o conselho porque têm alguma identificação com a causa. Foram escolhidos a dedo”, disse. Foi explicado que a lei de criação do conselho data de 2016, mas o mesmo demorou a ser formado porque foram necessários ajustes na legislação. O órgão é vinculado a Saama (Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente).

Uma das funções dos membros será a de construir o regimento de funcionamento que deverá ser apreciado pela Secretaria de Negócios Jurídicos e, em seguida, pela Câmara Municipal. Ou seja, é preciso normas para gerenciar as ações. Márcio pontuou a importância da participação de todos às reuniões, a justificativa das ausências e o acionamento dos suplentes. Isto porque, a Administração Municipal pleiteia recursos junto às esferas estadual e municipal e, portanto, é preciso demonstrar e comprovar as atividades. “Quando buscamos os recursos somos questionados até mesmo se existe o conselho na cidade”, acrescentou.

conselho municipal protecao defesa animaisOs encontros do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais serão todas as primeiras quintas-feiras do mês, sempre às 18 horas. A Saama será a sede. Márcio lançou a proposta de aplicativo para receber as denúncias sobre maus-tratos. A ideia é que o dispositivo seja lançado em abril, mês de aniversário da cidade. Uma das decisões é de que sejam aceitas apenas queixas que tenham imagens, sendo que outros critérios serão definidos.

Durante a reunião, um dos membros comentou que animais, como capivara, jacaré e veados, da região do Distrito de Martinho Prado Júnior estão sendo amplamente abatidos. Há desconfiança de que haja grupo de caçadores na região. Tanto que exemplares de pacas e cotias, comumente observados na localidade, estão rareando.

abre conselho municipal protecao defesa animais

Post anterior

Campos passam por manutenção para receber campeonato

Próximo post

Liberação de motorista embriagada gera dúvidas