Home»Destaque na Home»Comerciante fornecia tubetes para traficantes

Comerciante fornecia tubetes para traficantes

O acusado foi preso em Mogi Mirim com 24 mil microtubos e R$ 1.200

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Lan House no Jardim do Lago em Mogi Mirim até funcionava, mas camuflava outra atividade ‘comercial’ de Luís Felipe de Fino, o Careca, de 38 anos. Ele foi identificado e preso por investigadores da DISE (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) por fornecer material plástico para traficantes.

Durante as investigações, os policiais civis apuraram que traficantes de Mogi Guaçu adquiriam os microtubos (também conhecidos como eppendorf, pino e tubete) para o embalo de cocaína.

O delegado Dalton David Ferreira explicou que os investigadores acompanharam a movimentação de quem entrava e saía do imóvel.

O careca residia nos fundos da Lan House e antes da prisão foi visto com um traficante de Mogi Guaçu. Ele entrou no estabelecimento e momentos depois saiu com um pacote em direção a Mogi Guaçu.

Com mandado de busca e apreensão, a equipe da DISE foi até o local na manhã dessa segunda-feira (31) e localizaram 24 pacotes com mil microtubos cada um, sendo 19 mil de material transparente e outros 5 mil na cor preta. Havia também na casa cerca de R$ 1.200.

Careca foi autuado, segundo o delegado, no artigo 34 da lei 11.343/2006 por fornecer, ainda que gratuitamente, maquinário, aparelho, instrumento ou qualquer objeto destinado à fabricação, preparação, produção ou transformação de drogas. O enquadramento na esfera policial é inafiançável.

Apreensão Tubete Cocaína Vazio DISE

Post anterior

Patrulhamento preventivo e comunitário entra em operação

Próximo post

Sorteio das 1.400 residências do Ypê Amarelo será dia 26