Home»Cidade»Com vazão alta atividades são transferidas para o final do mês

Com vazão alta atividades são transferidas para o final do mês

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A chuva constante dos últimos dias elevou o nível do Rio Mogi Guaçu e levou o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) a mudar a data das atividades em comemoração ao Dia Mundial da Água, lembrado no próximo dia 22. O trabalho será realizado no sábado (30), a partir das 9 horas, no Parque dos Ingás.

O superintendente do Samae, Elias Fernandes de Carvalho, explicou que trata-se de uma medida de segurança. “Não podemos fazer o tradicional passeio de barco com o rio como está”, pontua explicando que estão previstas outras atividades como teatro e apresentação de bandas. O passeio de barco é realizado em parceria com o Grupo Sentinelas do Rio Mogi Guaçu.  

No entanto, a Semana da Água não está passando em branco para aqueles que comparecem à sede da autarquia. No local há distribuição de panfletos alertando sobre o desperdício de água. Além disso, todos podem conferir também exposição do protótipo de uma ETA (Estação de Tratamento de Água).

 

PCH

O coordenador da Defesa Civil, Carmelito Osório Silveira, adiantou que a vazão do Rio Mogi Guaçu estava em 201 m³/segundo nesta segunda-feira (18) e que não houve alteração na operação da PCH (Pequena Central Hidrelétrica) operada pela AES Tietê. Ou seja, as comportas não foram abertas.

“O volume de água está saindo conforme chega ao lago. Existe um dreno lateral que libera esta água”, detalha, observando que findado o período de chuva tem início a Operação Estiagem. Ontem (18) o lago estava com 51% da capacidade.

Post anterior

Editorial: Vigilantes contra o ódio

Próximo post

GCM localiza trator furtado de sítio