Home»Cidade»Coleta é retomada e recolhe mais de 8 toneladas por dia

Coleta é retomada e recolhe mais de 8 toneladas por dia

Nesta semana, o serviço ficou concentrado na região da Vila Paraíso

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A coleta de galhos foi retomada na última segunda-feira (11) e tem recolhido mais de oito toneladas por dia. O serviço estava suspenso desde o final do ano passado porque não havia local para destinar a galharia. Nos três primeiros dias foi dada prioridade para avenidas, sendo que quinta-feira (14) o trabalho chegou à Vila Paraíso.

Cinco caminhões estão sendo utilizados para o serviço. De acordo com o encarregado da Divisão de Limpeza Pública da SSM (Secretaria de Serviços Municipais), José Maria Fagundes, os locais prioritários foram definidos diante do volume de material observado. “Depois da Vila Paraíso vamos para o Centenário. E tem anda a questão da dengue que precisamos ficar de olho”, comenta sobre outros tipos de objetos jogados sobre os restos de poda.

A coleta de galhos foi interrompida porque a empresa que tritura o material dependia de ligação de energia elétrica. Até então, a empresa utilizava gerador a diesel e aguardava que a Elektro providenciasse a ligação. O serviço foi finalizado na semana passada. A grama resultado da poda das praças e canteiros é levada para compostagem em uma propriedade localizada na região da Lagoa do Chula, no Jardim Fantinato.

recolha galhos vila paraisoA SSM segue realizando a retirada de móveis, entre os quais, sofás que são desmanchados pelas reeducandas da penitenciária feminina. A retomada do calendário de entulho ainda depende da contratação da empresa que reforça a equipe da Pasta e é contratada por licitação. Todavia, o procedimento foi suspenso para diligência técnicas. A recomendação é para que a população adie colocar esse material para coleta.

A coleta de entulho esbarra ainda na falta de áreas para depositar o material. Isto porque, as anteriores estão saturadas. Há duas áreas em vista para o descarte de pelo menos 1mil m³ em cada uma, que serão depois cobertos com terra.

Post anterior

Editorial:Uma pedra a menos no sapato

Próximo post

Dengue: Total de casos chega a 237