Home»Cidade»Coleta de lixo segue prejudicada

Coleta de lixo segue prejudicada

0
Shares
Pinterest WhatsApp

É aguardada para sexta-feira (26) a regularização da coleta de lixo doméstico que enfrenta dificuldades deste a última terça-feira (23). Isto porque, os caminhões que são alugados foram retirados de operação. E, por sua vez, a SSM (Secretaria de Serviços Municipais) está tendo de realizar o serviço apenas com os caminhões próprios que estão sucateados.

A locadora Nova Fonte, embora tenha recebido da Prefeitura, não pagou a locação terceirizada a outra empresa de quatro caminhões compactadores, conforme foi detalhado pela assessoria de imprensa da Prefeitura. A empresa contratada pela Prefeitura através de licitação no final do ano passado, já está sendo intimada.

085_Lixo Recolha

Segundo responsável pela SSM, Luiz Martini Neto, o serviço não está paralisado, mas prejudicado porque a frota é antiga e os caminhões quebram com frequência. “Estamos fazendo das tripas o coração para arrumar e seguir com o serviço, mas a população precisa ter um pouquinho de paciência por conta dos atrasos”, disse.

Até o início desta tarde, o lixo da Zona Sul ainda não havia sido coletado, mas o secretário disse que a tarefa será realizada. Da frota própria da SSM, por exemplo, há três fora de operação para conserto Uma alternativa para resolver o problema seria a contratação emergencial de outra empresa que trabalhe com a locação de caminhões. “Tudo isto está sendo avaliado pelo Jurídico”, reforça o secretário.

luiz martini neto secretario ssm sessao camara

Os quatro novos caminhões compactadores de lixo comprados pela Prefeitura devem chegar ao Pátio Municipal por volta do dia 10 de agosto, devendo entrar em serviço na última semana do mês. É que antes será necessário providenciar o registro dos novos caminhões e treinar os motoristas porque o modelo utiliza transmissão automática, diferente dos atuais, que têm câmbio manual.

 

Previous post

Já sabe o que vai assistir neste final de semana?

Next post

Projeto prevê que atribuições de aulas voltem a ser por pontuação