Home»Caderno C»Circuito Cultural Paulista vai à Emef

Circuito Cultural Paulista vai à Emef

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Na próxima sexta-feira (dia 11), às 16 horas, o espetáculo “Circo de Dois”, da Cia Pé de Chinelo, de Ribeiro Preto, se apresenta na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Antonio Carnevalle Filho”, no Jardim Itacolomy II. Trata-se de mais um espetáculo do Circuito Cultural Paulista.

“Circo de Dois” traz a dupla Jirda e Bisgoio. É garantia de muitas gargalhadas. Eles chegam para apresentar aquele que será maior espetáculo de todos os tempos,  a consagração dessa grande dupla. Isto porque, Jirda acredita de fato ser a maior artista de todos os tempos. Para realizar seus grandiosos números ela contará com Bisgoio, seu grande ajudante.

A Cia Pé de Chinelo foi formada por iniciativa de Neto Donegá, o palhaço Bisgoio, que trabalha com a arte da Palhaçaria há 14 anos, e Luciana Donegá, a palhaça Jirda.

A apresentação do espetáculo fora do Centro Cultural é uma aposta da Secretaria Municipal de Cultura de descentralização. No caso específico desta peça, o Circuito Cultural programou o espetáculo para o mesmo dia de uma das atrações do 9º Festival de Teatro. “Como estamos num processo de descentralização da Cultura, decidimos em parceria com a Secretaria de Educação que indicou a escola, levar o espetáculo para a Zona Sul da cidade”, relata o funcionário do setor de eventos da Cultura, Francisco Carlos Rodrigues.

circuito_pé_de_chineloA descentralização vai ao encontro de mais público visto que, o público tem sido reduzido no Teatro Tupec. Outras experiências já comprovaram o sucesso da iniciativa, como apresentações na Emef do Jardim Santa Terezinha II (novembro 2017), em Martinho Prado Júnior (março) e Terminal Rodoviário Urbano do Parque dos Ingás (abril).  

A exceção fica por conta de espetáculos que tenham demanda de necessidades técnicas que só podem ser supridas no Teatro Tupec, no Centro Cultural, o que é o caso de apresentação prevista para junho, na programação do Circuito Cultural Paulista.

Post anterior

“Dia dos Namorados” inspira concurso de redação da biblioteca

Próximo post

Maio amarelo: Educação promove ações de conscientização