Home»Cidade»Chuva deixa região central debaixo d’água por meia hora

Chuva deixa região central debaixo d’água por meia hora

6
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Uma chuva volumosa, que durou cerca de 40 minutos, alagou algumas ruas na região central de Mogi Guaçu. Entre elas, a Rua XV de Novembro, parte da Sargento Aviador Osvaldo Fernandes, a Durval Franco de Faria e trechos da Paula Bueno foram as mais prejudicadas com o acúmulo de águas.

De acordo com relatos de comerciantes que trabalham na Rua XV de Novembro, muitos carros ficaram parados no meio dos alagamentos porque não conseguiram avançar no trajeto. “Os motoristas até tentavam, mas não conseguiam continuar e tiveram que parar”,  contaram.

A Rua Paula também teve um dos trechos alagados
A Rua Paula Bueno também teve um dos trechos alagados

A chuva começou por volta das 16 horas e as ruas ficaram inundadas por aproximadamente meia hora. Tão logo a chuva cessou, o nível das águas já foi baixando. Por volta das 17 horas, o fluxo do trânsito já seguia normal em todo o Centro de Mogi Guaçu.

Vale ressaltar que em outubro de 2015, a SOV (Secretaria de Obras e Viação) fez a construção de duas caixas de inspeção na Rua Durval Franco de Faria a fim de diminuir os constantes alagamentos naquela região. Na ocasião, o secretário da Pasta, Salvador Franceli, chegou a admitir que a obra não resolveria de forma definitiva os problemas de enchente na respectiva via. Isso porque, para solucionar a situação é necessária à construção de uma nova galeria de águas pluviais. Porém, o Município não tem recursos para a execução desse serviço.

rua paula bueno chuva alagamento centro

Ainda, naquela ocasião, o secretário explicou que na ‘Durval Franco de Faria’ foram instaladas duas captações de água que foram ligadas a uma tubulação de 600 milímetros já existente na via.

A Gazeta conversou no fim da tarde desta terça-feira (3) com o secretário de Obras e Viação da Prefeitura e ele disse que nesta quarta-feira (4) a equipe da Pasta irá verificar o que pode ter provocado a obstrução dos bueiros. “Muito estranho. Não era para ter acontecido esses pontos de alagamentos. Vamos verificar”, concluiu Francelli.

alagamento rua durval franco faria centro

243_Alagamento Rua Durval Franco Faria Centro

Fotos: Franciele Alves

(Com informações de Cláudia Helena Silva Marquezi)

 

 

 

 

Post anterior

Lei municipal já prevê punição para abandono de animais

Próximo post

Artesanato em prol da Apae