Home»Destaque na Home»Cerca de 87 mil eleitores de Mogi Guaçu ainda precisam fazer biometria

Cerca de 87 mil eleitores de Mogi Guaçu ainda precisam fazer biometria

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

“São milhares de eleitores que ainda precisam comparecer para o cadastramento biométrico e nossa preocupação é que deixem todos para a última hora”, alertou o chefe do Cartório Eleitoral de Mogi Guaçu, Hugo Ornellas, que calcula faltar mais de 87 mil eleitores da cidade para fazer a biometria, na Justiça Eleitoral.

O agendamento para o eleitor realizar a biometria já está aberto e pode ser feito por meio do site www.tre-sp.jus.br. Todos os eleitores que ainda não fizeram o cadastramento biométrico precisam obrigatoriamente fazê-lo o quanto antes.

Após o agendamento prévio no site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, basta o eleitor comparecer no dia e horário marcados na sede do Cartório Eleitoral de Mogi Guaçu, que fica à Avenida Jhonn Kennedy, nº 311, no Jardim Centenário. “É muito importante que os eleitores se antecipem e venham já para o cadastramento biométrico. Se eles fizerem assim, não vão precisar enfrentar filas enormes e ficarem horas e horas esperando para serem atendidos. Quanto antes os eleitores vierem, mais rápido será feito o cadastramento biométrico”, pontuou Hugo.

A biometria é o registro das digitais dos dedos das mãos em substituição ao título eleitoral. Vale ressaltar que o eleitor que não fizer o cadastramento biométrico terá problemas para votar nas eleições municipais do ano que vem. Isso porque, assim como vários outros municípios, Mogi Guaçu também passará a ter biometria.

A Justiça Eleitoral local também já articula com a Prefeitura de Estiva Gerbi a possibilidade de instalar um posto de atendimento naquela cidade a fim de atender aos eleitores de Estiva. A prefeita Cláudia Botelho (MDB) já está ciente do pedido e, a princípio, não se opôs. Mas ainda é preciso que ela formalize sua autorização e a Justiça Eleitoral de fato instale o posto. “Estamos formalizando esses documentos e aguardando a proposta da Prefeitura de Estiva para definir o local deste Posto”, pontuou Hugo.

A Justiça Eleitoral de Mogi Guaçu também fez a mesma solicitação ao TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo pedindo autorização para instalar um posto de atendimento em Mogi Guaçu a fim de atender aos eleitores para o cadastro biométrico. A princípio, a Justiça Eleitoral local está negociando com o SESI para que seja instalado lá um dos postos de atendimento ao eleitor de Mogi Guaçu. “O local onde este posto de atendimento será instalado em Mogi Guaçu ainda é incerto, mas sabemos que é necessário para descentralizar o atendimento aqui, no Cartório Eleitoral, e também facilitar o acesso do eleitor. Estamos negociando com o SESI, por enquanto”, adiantou Hugo.

Post anterior

Márcio Pavan assume cargo de prefeito de Estiva até início de março

Próximo post

Uma Aventura Lego 2 está em cartaz na cidade