Home»Política»Cássio deixa o PSDB e quer presidir partido

Cássio deixa o PSDB e quer presidir partido

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O ex-secretário municipal de Promoção Social, Cássio Luciano dos Santos, deixou o PSDB, na última sexta-feira (28). Ele oficializou sua saída da sigla entregando sua desfiliação partidária à presidente do PSDB de Mogi Guaçu, Maria Otília Papa, e também à Justiça Eleitoral local.

Cássio estava filiado ao PSDB desde julho de 2015, quando disputou as eleições municipais para vereador obtendo 390 votos pela coligação PSDB/Rede/PROS/PSB. Foi a primeira vez que ele disputou uma das 11 vagas na Câmara de Mogi Guaçu. Antes disso, Cássio concorreu ao cargo de vice-prefeito ao lado do então prefeito e candidato à reeleição, Paulo Eduardo de Barros, o Dr. Paulinho (PHS), nas eleições municipais de 2012. À época, inclusive, Cássio era presidente do PSC de Mogi Guaçu.

De acordo com Cássio, sua desfiliação do PSDB se deve tão somente aos novos rumos políticos que já está traçando para sua carreira, principalmente assumir a liderança de um partido. “Temos muitas comissões provisórias na cidade. Não vou mencionar nenhuma sigla ainda, mas estou em busca de assumir a presidência de um partido”, comentou Cássio.

Ele adiantou que, a princípio, a ideia é justamente formar um grupo político a partir deste partido visando às eleições municipais de 2020. “Meu objetivo é ter candidatos a vereador com chances de serem eleitos. Para isso, preciso formar um grupo desde já para que possamos trabalhar em cima de propostas e nos fortalecer”, frisou.

Cássio não descarta a possibilidade de se lançar candidato a prefeito de Mogi Guaçu também no pleito de 2020, mas esta hipótese dependerá do cenário político que a cidade estiver vivendo daqui três anos e das chances de ser eleito também. “O principal será eleger os vereadores, mas meu nome sempre estará à disposição, se considerarem que devo ser candidato a prefeito ou a vice estarei disponível”, ressaltou.

Vale lembrar que nas eleições do ano passado Cássio entrou na corrida eleitoral somente em agosto, após a renúncia do então candidato a vereador pela Rede Sustentabilidade, Hélio Ferreira dos Santos, o Helião. Antes da renúncia, Cássio estava fora da disputa eleitoral atendendo às necessidades da coligação como um todo. 

A presidente do PSDB guaçuano, Maria Otília Papa, lamentou a saída de Cássio. “Mas respeito a decisão dele. Se ele considera melhor buscar outro partido, desejo muita sorte”, concluiu.

Post anterior

Itaqui e Igaçaba garantem vaga na semi

Próximo post

Editorial: Carência de projetos e ações