Home»Caderno Multi»Cartinhas de Natal à espera dos padrinhos

Cartinhas de Natal à espera dos padrinhos

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A magia de escrever pedidos de Natal ao Papai Noel ultrapassa modismos e segue no coração das crianças. E são muitas as cartinhas endereçadas ao bom velhinho. Brinquedos lideram a lista de desejos. Mas como fazer para atender a tantos pedidos? 

Basta apadrinhar a uma das cartinhas que chegam às campanhas desenvolvidas pela Acimg (Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu) ou Correios. As empresas se encarregam da entrega dos presentes. O objetivo destas campanhas é de atender aos pedidos de crianças carentes e manter este lado mágico em que todos acreditam que o Papai Noel existe.  

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Há 29 anos, Correios desenvolve campanha

Uma das maiores campanhas natalinas e uma das principais ações de responsabilidade social dos Correios nasceu da iniciativa dos próprios empregados. Sim! A ideia de adotar cartinhas que chegavam destinadas ao Papai Noel partiu, literalmente, de dentro das agências. E já faz 29 anos da Campanha Papai Noel dos Correios.

Em Mogi Guaçu, a agência local já havia recebido 225 cartas até terça-feira (4), segundo informação da assessoria de imprensa do Correios. Deste total, cerca de 40 cartinhas ainda estão disponíveis para adoção na unidade. No ano passado, a agência recebeu 170 cartas, das quais 144 foram adotadas, o que representa 84,7% dos pedidos.

correios cartinhas papai noelAs bonecas, os carrinhos e as bolas são os presentes mais pedidos. Mas há quem peça material escola e roupas, sendo que a equipe avalia os itens solicitados. Os pedidos de alimentos ou cestas básicas, por exemplo, são desclassificados. Além disso, é selecionada apenas uma carta por criança.

O prazo de entrega das cartinhas aos Correios se encerrou nesta sexta-feira (7), mas os padrinhos poderão adotar as cartas e entregar os presentes até o próximo dia 14.

Qualquer pessoa pode ser um padrinho. Basta ir até uma agência própria dos Correios, ler as cartinhas disponíveis para adoção e adotar a cartinha que mais lhe agradar (ou as cartinhas, pois não existe limite de cartinhas para adoção). Em seguida, deve levar o presente na mesma agência onde fez a adoção.

Os presentes são recebidos nas agências dos Correios para que posteriormente a entrega seja feita no próprio fluxo postal da unidade. “Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança não é informado ao padrinho. Além de ser uma forma de preservar a identidade das crianças, é uma forma de manter a magia do Natal, pois para a criança, a figura do Papai Noel está por trás dessa entrega tão especial”, justifica a empresa por meio da assessoria de imprensa. 

 VULNERABILIDADE SOCIAL

O objetivo principal da campanha é responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas em situação de vulnerabilidade social. Mas, o Correios destaca que atingir este propósito só é possível com a ajuda dos empregados da empresa e da sociedade brasileira.

multi cartas papai noelPROPORCIONAR ALEGRIA

Acimg iniciou projeto há cinco anos

Em 2013, a Acimg (Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu) começou a desenvolver a ideia das cartinhas endereçadas ao Papai Noel. Foi neste mesmo ano que a entidade começou a enfeitar para o Natal a Praça Rui Barbosa, o Recanto, onde fica montada a casa do Bom Velhinho que atrai centenas e centenas de crianças no decorrer do mês de dezembro. A ideia frutificou e tornou-se projeto a partir do ano passado.

“Nosso objetivo é atender a maior quantidade possível de crianças e proporcionar a elas a alegria de receber um presente de Natal. Visamos atender não só as crianças carentes, mas também as cartinhas que nos tocam”, comenta o superintendente da Acimg, Adenilson Junior dos Reis.

Em 2017, a Acimg recebeu cerca de 1 mil cartas. Esse ano, a expectativa é de superar esta marca, pois a ação começou a ser mais conhecida pela população. As cartinhas podem ser entregues até o dia 18. No ano passado, funcionários e diretores da Acimg adotaram cerca de 100 cartas. A entrega foi realizada em dois dias, totalizando o atendimento de 300 pedidos, aproximadamente. Todavia, muitas vezes uma carta tem mais de um pedido. E, além disso, a Acimg faz a entrega dos presentes das cartas “adotadas”.

Os pedidos que chegam ao Papai do Noel do Recanto são os mais variados, mas a maioria de brinquedos. “Infelizmente temos muitos pedidos de cesta básica, roupas e calçados. As crianças escrevem que os pais estão desempregados ou, pelo menos, um deles está e que por isso precisam dos alimentos. As mochilas e cadernos também são pedidos, porém, em menor quantidade”, detalha a assessoria da Acimg.  

multi cartas papai noelQuem quiser ainda dá tempo de adotar a uma das cartas que chegam ao Papai Noel do Recanto. Elas já podem ser retiradas na Acimg e ficarão disponíveis até o Natal. Quem adotar cartas até o dia 15 e quiser que a Acimg entregue os presentes, precisa levar até a entidade. Como no ano passado, os presentes serão entregues por funcionárias da Acimg, vestidas de Mamãe Noeis.

Post anterior

Tome Nota da edição de sábado, dia 8

Próximo post

SOV estuda a construção de dois piscinões