Home»Cidade»Carteiros locais aderem à greve nacional dos Correios

Carteiros locais aderem à greve nacional dos Correios

0
Shares
Pinterest WhatsApp

A greve nacional dos Correios deflagrada na noite de terça-feira (10) tem adesão de alguns carteiros do CDD (Centro de Distribuição Domiciliar) de Mogi Guaçu. Não foi informado o número de profissionais que aderiu à paralisação. Os grevistas afixaram faixa na porta do CDD e estão na área verde em frente ao posto de trabalho.

Nenhum dos grevistas quis conceder entrevista porque não havia autorização do delegado do sindicato que representa a categoria. O mesmo não estava no local no momento em que a reportagem abordou os grevistas.

A categoria rejeitou a proposta apresentada pela ECT (Empresa de Correios e Telégrafos), de reajuste de 0,80%, e a exclusão, assim como alterações, de várias cláusulas referentes aos direitos conquistados pela da categoria. Os trabalhadores querem também a reconsideração quanto à retirada de pais e mães do plano de saúde, melhores condições de trabalho e outros benefícios.

Em nota, a diretoria regional do interior paulista dos Correios informa que participou de 10 encontros na mesa de negociação com os representantes dos trabalhadores, quando foi apresentada a real situação econômica da estatal e propostas para o acordo dentro das condições possíveis, considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões.

“Mas as federações, no entanto, expuseram propostas que superam até mesmo o faturamento anual da empresa, algo insustentável para o projeto de reequilíbrio financeiro em curso pela empresa. No momento, o principal compromisso da direção dos Correios é conferir à sociedade uma empresa sustentável. Por isso, a estatal conta com os empregados no trabalho de recuperação financeira da empresa e no atendimento à população”, traz a nota.

Quanto às adesões à greve em âmbito local, informaram que os dados serão fornecidos à tarde, sendo o número aferido por meio de sistema eletrônico.

 

Previous post

Sem manutenção, praça da Vila Leila precisa de melhorias

Next post

UBS do Centenário é alvo de queixa