Home»Cidade»Camacho: Mesmo com novas arquibancadas, liberação do estádio depende de outras melhorias

Camacho: Mesmo com novas arquibancadas, liberação do estádio depende de outras melhorias

0
Shares
Pinterest WhatsApp

As obras de construção de dois blocos de arquibancadas no Estádio Municipal “Alexandre Augusto Camacho” estão praticamente concluídas, mas apesar desta conquista a liberação de uso do local ainda depende de melhorias nos vestiários. Como não há recursos disponíveis em caixa, o Município estuda a possibilidade de parcerias.

O secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli explica que as melhorias nos vestiários são referentes, por exemplo, as instalações elétrica e hidráulica. O túnel de acesso ao campo também precisará de reparos. A estimativa é de que a construção das arquibancadas seja finalizada ainda neste mês. “Após a conclusão da arquibancada não quer dizer que o estádio esteja liberado para atividades profissionais. Vamos tentar liberar para atividades amadoras”, pontua.

Para isso, ele garante que tão logo a arquibancada seja concluída, será iniciada a possibilidade de parceria e de alguma outra forma de conseguir recursos para prosseguir com as reformas necessárias no Camacho. “Temos uma série de prioridades”, disse sobre o porquê de não ter realizado os serviços necessários.

arquibancada camacho

Um dos blocos de arquibancada está sendo construído como extensão da arquibancada lateral, com 11 lances de arquibancada por 16 metros de comprimento e capacidade para 352 pessoas. O segundo bloco, em fase de acabamento, pode acomodar 400 pessoas e foi edificado na entrada atrás do gol, com 10 lances por 20 metros.

As novas estruturas são mais seguras e confortáveis para o público porque cada lance tem 90 centímetros de profundidade e 48 de altura, ao passo que a arquibancada antiga, com 17 lances, tem, em média, de 65 a 68 de profundidade e de 34 a 38 de altura.

O valor do contrato entre a Prefeitura e a construtora DJR de Oliveira é de R$ 403.966,37, somados R$ 330.791,33 de convênio com o Ministério do Esporte e R$ 54.692,81 de contrapartida mínima do Município. O prazo para conclusão da obra é de seis meses contados da Ordem de Serviço emitida em março.

 

MURO

A Prefeitura vai investir mais R$ 76.458,13 na reconstrução do muro de fechamento lateral, que era muito antigo e ruiu devido à ação do tempo.

muro camacho

A DJR foi a vencedora também dessa licitação, realizada no dia 18 de julho.

O contrato deve ser assinado ainda nesta semana. O prazo para a conclusão da obra é de dois meses, contados de quando a Ordem de Serviço for emitida pela SOV (Secretaria de Obras e Viação).

Previous post

Vereadores autorizam empréstimos de R$ 13 milhões - Veja vídeo

Next post

Ladrões de carro são presos após fazer mais uma vítima