Home»Caderno Multi»Café: O que esta bebida tem?

Café: O que esta bebida tem?

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Se compararmos o café a uma roupa, poderíamos dizer que é “aquele” pretinho básico que toda mulher precisa ter no armário porque cai bem em toda ocasião. Afinal, a bebida está presente em vários momentos, seja no encontro com os amigos, na reunião da empresa, no café da manhã ou após as refeições. Mas e aí? O café faz bem ou mal? Pode beber quanto? Emagrece? A Gazeta conversou com a nutricionista Josiele Souza que respondeu a este e outros questionamentos.

O café é tão apreciado que tem até o Dia Mundial do Café, comemorado em 14 de abril. Originário da Etiópia, suas propriedades estimulantes foram descobertas por um pastor, que observou alterações no comportamento de seu rebanho, depois que os animais ingeriram uma plantinha vermelha. O pastor, então, decidiu provar o alimento e logo ficou encantado com seu sabor e aroma. A partir daí, conquistou os países árabes, sendo contrabandeado para a Europa e trazido para o Brasil, onde se adaptou muito bem ao clima tropical.

NUTRIÇÃO

Café foi desmistificado ao longo do tempo

Café é uma palavra derivada do árabe, “gahwa” (aquilo que impede o sono), era consumida em planta, pelo deserto, envolta em gordura animal. Na Turquia, tomou a forma líquida e veio conquistando todos os paladares, até hoje. A cafeína excita o sistema nervoso central, age sobre o sistema muscular, ajuda no rendimento físico e intelectual, aumentando a concentração. Especialistas já estão encontrando outras formas do uso do café, em diversos segmentos como estética, tratamentos de saúde e na gastronomia.

Josiele
Josiele

A verdade é que ao longo do tempo, o café foi desmistificado, conforme observa a nutricionista Josiele Souza. Havia quem não tomava a bebida porque associava a problemas no coração ou ainda proibia as crianças de consumirem o café, mas estes medos foram ficando no passado. “Desde que consumido de forma moderada, não há problemas”, pontua. Afinal, o café pode ajudar até mesmo na perda de peso, desde que consumido sem açúcar. Isto porque, a bebida conta com a ação do ácido clorogênico que ainda auxilia na prevenção do diabetes do tipo II.

Quanto à quantidade a ser consumida, Josiele explica que a recomendação é de – no máximo – quatro xícaras por dia, sendo que cada xícara deve ter 50 ml. “A cafeína auxilia na queima da gordura, mas não do carboidrato”, atenta lembrando que ainda libera endorfina e dá uma sensação de alerta. Por isso, observa a nutricionista que o café não é recomendado para ser consumido à noite. Com isto, quem tem insônia deve evitar a bebida que, em excesso, pode provocar irritabilidade e dependência.

O café tem ainda ação antioxidante que faz uma espécie de faxina do organismo, retirando as células que estão perdendo a função, que são os radicais livres. A nutricionista ressalta que, além de consumir a bebida de forma moderada, é preciso ficar atento à qualidade do pó de café. Sem mencionar marcas, ela atenta que uma pesquisa de avaliações do produto pode ser feita pela internet.

SUPLEMENTO

A nutricionista atenta ao consumo da cafeína na forma de suplemento alimentar. Isto porque, qualquer suplementação deve ter acompanhamento nutricional. “Não se deve ir à farmácia, comprar e consumir”, orienta relatando que, particularmente, prefere evitar a prescrição de suplementos. Josiele defende que o processo de emagrecimento apresenta resultado com a dupla reeducação alimentar e atividade física.

Ainda em relação ao café, ela lembra que pode ser consumido com canela, outro alimento termogênico, ou chocolate que é antioxidante, mas sempre uma pitada de cada um ou dos dois juntos, o que dependerá do paladar. Mas, se a finalidade for o emagrecimento, nada de adoçar.

multi cafe
TABELA NUTRICIONAL DO CAFÉ:

*Composição por 100 gramas de alimento (sem açúcar e grão torrado)

 

Calorias                2 cal. 226 cal.
Proteínas              0,3 g 12,6 g
Gorduras              0,1 g 14,8 g
Carboidratos         0,8 g 63,5 g
Fibras                   07,6 g
Água                    98,8 % 1,6 %
Cálcio                   5 mg 148 mg
Fósforo                5 mg 198 mg
Ferro                             0,2 mg 2,9 mg
Sódio                   1 mg 72 mg
Vitamina A            0 0
Vitamina B1          0,01 mg 0,07 mg
Vitamina B2          0,01 mg 0,05 mg
Vitamina B3          0,9 mg 17 mg
Vitamina C            0 0
multi cafe

VOCÊ SABIA…

10 curiosidades sobre o café*

  1. O primeiro país a cultivar pés de café foi o Iêmen, no ano de 575. Nessa época, os grãos eram consumidos crus. Para conservá-los, eles eram guardados em potes com gordura animal.

 

  1. Foi no ano 1000 que a infusão do café foi descoberta, tornando-se uma bebida. Assim, era consumido com fins medicinais. A bebida como conhecemos hoje foi registrada no ano de 1480.

 

  1. A primeira cafeteria do mundo foi aberta em Constantinopla no ano de 1495 e se chamava Kiva Han.

 

  1. O governador de Meca, Khair Beg, foi condenado à morte porque tentou proibir o consumo de café.

 

  1. Até o século XVII apenas os árabes produziam cafés. Alemães, italianos, franceses e italianos tentaram produzir o grão de várias formas. Foram os holandeses os primeiros a conseguirem mudas da planta. Essas plantas estão guardadas até hoje no Jardim Botânico em Amsterdã.

 

  1. A primeira plantação de café no Brasil aconteceu em 1727 no Estado do Pará a partir de uma muda trazida da Guiana Francesa por Francisco de Melo Palheta. Dizem que ele foi à Guiana arbitrar uma disputa de fronteiras, teria seduzido a esposa do governador, que o presenteou com mudas e sementes de café.

 

  1. A diferença entre as variedades Arábica e Robusta está no DNA. Cafés de variedades arábicas possuem 44 cromossomos e os cafés de variedades robustas, 22 cromossomos.

 

  1. O Brasil se tornou o maior exportador de café em 1860, quando produziu 26 milhões de sacas.

 

  1. O primeiro “Rei do Café” conhecido no mundo era francês e ele era pai de ninguém menos que Santos Dumont. Todos os experimentos que Santos Dumont fez com o 14Bis foram custeadas pela venda do café.

 

  1. Os maiores produtores de cafés no mundo são: Brasil, Vietnam, Colômbia e México. Cafés também são produzidos no Havaí, Costa Rica, Guatemala, Jamaica, Etiópia (onde as árvores de café são vegetação nativa), Quênia, Iêmen e Indonésia.

 

Fonte: Aroma de Café, Guia Prático para Apreciadores de Café (Editora Educere, Autor: Luís Norberto Pascoal)

Post anterior

Sindiçu quer assembleia geral dia 7 de maio

Próximo post

Cidades Portuguesas é nova mostra do Sesi