Home»Cidade»Cães e gatos: CCZ dá início à campanha de castração

Cães e gatos: CCZ dá início à campanha de castração

O trabalho é resultado de convênio da Prefeitura com a Kapa; em três dias 15 animais foram castrados

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Foi iniciada segunda-feira (5), a campanha de castração de cães e gatos (fêmeas e machos). Em apenas três dias de atendimento, 15 animais passaram pelo procedimento. O trabalho é resultado de convênio da Prefeitura com a Kapa (Kamael Associação Protetora dos Animais). A castração acontece nas dependências do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).  São atendidos animais abandonados, abrigados por protetores informais e os pertencentes às famílias de baixa renda inscritas nos programas sociais do Governo Federal, por exemplo, o Bolsa Família.

O cadastro do CCZ já conta com 165 inscritos, sendo 67 animais pertencentes às famílias de baixa renda e outros 98 abandonados. É exigida documentação pessoal, comprovante de endereço e comprovação de inscrição em projeto social. O convênio possibilitou a contratação de veterinária, sendo que a Prefeitura oferece o espaço e os medicamentos para o procedimento. Os proprietários dos animais ou protetores devem fornecer a roupa cirúrgica e arcar com os cuidados pós-cirúrgicos. A veterinária contratada para o trabalho é Maíra Muller Sakzenian.

Silvana
Silvana

A verba liberada pelo período de 12 meses deve resultar na castração de pouco mais de 800 animais. A coordenadora do CCZ, Silvana Munhoz Bueno, lembra que os benefícios da castração são muitos, como a redução dos animais abandonados, prevenção de doenças e o fim das crias indesejáveis. “Os protetores de animais têm um papel muito importante porque o trabalho conjunto traz maiores resultados. Ninguém faz nada sozinho”, avalia, pontuando ainda sobre a importância da posse responsável.

A bióloga atenta que a castração e a vacinação antirrábica, esta última ofertada para toda população de cães e gatos, representam um trabalho importante do município para a redução de zoonoses. Este ano, a campanha de vacinação antirrábica imunizou 31.464 animais. “Foi um resultado fantástico”, atenta Silvana enfatizando a receptividade da comunidade. Ou seja, os proprietários entendem a necessidade e a importância de proteger os animais de estimação.

Post anterior

Invasão: Exposição sem consentimento é crime

Próximo post

Tome Nota da edição de sábado, dia 10