Home»Destaque na Home»Barros confirma vinda de Governador Márcio França a Mogi Guaçu

Barros confirma vinda de Governador Márcio França a Mogi Guaçu

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O Governador do Estado de São Paulo, Márcio França (PSB), candidato à reeleição, confirmou sua vinda a Mogi Guaçu na próxima sexta-feira (26). Ele também irá visitar as cidades de Mogi Mirim e Itapira neste mesmo dia. A confirmação foi feita pelo deputado estadual Barros Munhoz (PSB), na tarde desta sexta-feira (19), durante entrevista coletiva. Barros esteve em Mogi Guaçu para reconhecer e agradecer os votos que obteve na cidade que contribuíram para que ele fosse reeleito e alcançasse o 6º mandato. Somente em Mogi Guaçu, ele obteve 7.430 votos de um total de 87.051. “Fui ‘salvo do incêndio’ pelo trabalho que faço e também pelo estoque de votos que tenho. Agradeço aos eleitores que confiaram, mais uma vez, no meu trabalho e saiu da minha campanha eleitoral já engajado nesta campanha para reelegermos Márcio França nosso governador”, frisou o deputado.

Embora a vinda de França a Mogi Guaçu esteja confirmada, Barros explicou que ainda é preciso definir o roteiro que o Governador fará na Baixa Mogiana e também o horário de chegada às cidades. “Vou conversar com o presidente da Câmara (Mogi Guaçu), vamos ver se o prefeito Walter Caveanha também poderá recebê-lo e daí vamos definir o cronograma dessas visitas. Mas França quer encerrar sua campanha eleitoral nessa região”, reforçou Barros Munhoz.

Ao lado do presidente da Câmara de Mogi Guaçu, Barros Munhoz falou com a imprensa
Ao lado do presidente da Câmara de Mogi Guaçu, Barros Munhoz falou com a imprensa

O deputado ainda disse que está otimista e confiante na vitória de Márcio França nas urnas, no próximo dia 28. “Ele é cativante e só está aumentando sua aprovação junto aos eleitores. Quanto mais os eleitores o conhecem, mais votos ele conquista. Eu passei por 11 governadores ao longo dessa minha trajetória política e posso dizer que nunca vi um Governador tão simples e rápido como é o Márcio França. Ele descomplica a solução dos problemas”, observou Barros.

Tanta proximidade com Márcio França não faz com que Barros Munhoz cogite, a princípio, deixar a Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) para assumir uma das Secretarias de Estado. Para Barros, o momento pode ser exatamente de exercer seu mandato com afinco durante os próximos quatro anos. “Embora eu tenho satisfação de ter sido líder de Governo e também presidente da Alesp em mandatos passados, essas funções me prejudicaram nos últimos 10 anos, porque trabalhei só com a parte burocrática. Quero poder exercer meu mandato de fato estando mais próximo da população”.

Reeleito, o deputado estadual admitiu ter ficado surpreso com a renovação na Alesp que atingiu os 52% de novos deputados eleitos. “Eu sabia que haveria uma renovação, mas o grau em que ela aconteceu foi surpreendente. Aliás, em todo o país. Esse movimento de renovação tão grande nos pegou de surpresa porque foi silencioso. Foi um tapa na cara de todos nós que exercemos a política mais tradicional. Mas teremos um embate saudável com esses novos deputados estaduais eleitos”, concluiu Barros Munhoz.

 

 

 

 

 

 

 

Post anterior

Editorial: Depois do tiro, o cheiro. Afinal, que cheiro foi esse?

Próximo post

Profissão: Professor? 15 de outubro: Dia do Professor