Home»Destaque na Home»Autor de roubos é preso em feira livre

Autor de roubos é preso em feira livre

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prendeu na tarde desta terça-feira (12) Leonardo André Branco Sanches, de 19 anos. O assaltante, vulgo Léo, já era conhecido nos meios policiais pela prática de roubos e na manhã de hoje foi detido pela Guarda Civil Municipal em uma feira livre no Jardim Santa Terezinha.

O ladrão foi avistado pelos guardas civis Colombo, Melo e Gonçalves que já tinham informações de que na noite desta segunda-feira (11), por volta das 21h40, houve um assalto em uma padaria na Vila São Carlos e as características do ladrão estavam batendo com as de vulgo Léo que foi abordado.

Em seguida, a GCM entrou em contato com a vítima da padaria que reconheceu o suspeito como sendo o assaltante do estabelecimento. Léo foi encaminhado à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), onde foi preso por um roubo que cometeu no dia 24 de dezembro de 2018, conforme explicou a delegada Edna Salgado Martins. “Ele foi preso pelo roubo que cometeu em dezembro na Avenida Honório Orlando Martini quando ele e mais três indivíduos, todos em bicicletas, renderam um motociclista que diminuiu a velocidade para passar em uma lombada. Léo foi identificado como sendo um dos autores deste assalto, tanto que chegou a ser pego com a moto da vítima. Diante deste caso, foi feito e atendido o pedido de prisão preventiva contra ele”.

Com relação ao roubo da padaria da Vila São Carlos, a delegada informou que ele não foi pego em flagrante. “Ele foi reconhecido pela vítima, mas já não estava mais em circunstância de flagrante. No entanto, ficou preso porque ele já era investigado pela DIG e já tinha um pedido de prisão em seu desfavor”.

O assaltante, de 19 anos, também é suspeito de ser um dos ladrões que está agindo na Estrada da Roseira. “Os roubos da Estrada da Roseira estão sendo investigados e ele (Léo) é um dos suspeitos”, finalizou Edna.

Leonardo André Branco Sanches foi levado para cadeia de Itapira, de onde será transferido para o sistema prisional.

Post anterior

Nota Fiscal Paulista: Créditos podem ser resgatados mensalmente pelo celular

Próximo post

Assaltantes roubam lotérica e ameaçam atear fogo no local