Home»Artigos»Artigo: Os discursos de Bolsonaro

Artigo: Os discursos de Bolsonaro

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O presidente Bolsonaro, em sua posse no dia 1º de janeiro, pronunciou dois discursos. Para mim, decepcionantes. Eu esperava que ele procurasse a conciliação para governar. Ledo engano. Ele pronunciou dois discursos belicosos. Esses dois pronunciamentos mereceram críticas do Estadão, em Editorial publicado em 2/1.

No editorial “A posse de Bolsonaro”, o jornal comenta: “Os discursos feitos ontem [1º/1] pelo presidente Jair Bolsonaro, no Congresso Nacional e no parlatório do Palácio do Planalto, foram atos de campanha, e não atos de governo (sic) – como era de esperar de um veterano político que assumia a Presidência da República com promessas de “reconstruir” o Brasil. Bolsonaro repetiu os chavões da campanha, em vez de apontar soluções (sic) efetivas para os problemas do País. (…) Depois, no parlatório, Bolsonaro teve a desfaçatez de dizer que o País estava, naquele momento, se libertando do socialismo e, tirando a bandeira nacional do bolso, num gesto teatral (sic), garantir que aquele símbolo nunca seria manchado de vermelho – exceto o sangue derramado para garantir a pureza da pátria. A que caminhos o presidente pretende levar a Nação, com afirmações fora da realidade?” O Estadão termina assim o seu Editorial: “Além de descer do palanque, o presidente Bolsonaro precisa colocar os pés na realidade. O discurso populista é comprovadamente incapaz de assegurar os bons resultados que o País demanda. O Brasil, já dissemos nesta página, tem esperanças no governo Bolsonaro. Mas cabe a ele, e só a ele, transformar essas esperanças num Brasil próspero e sem divisões (sic)”.

A jornalista Eliana Cantanhêde, em artigo ao Estadão, constatou: “Jair Bolsonaro inovou com um discurso rápido e com a forma clara e direta com que reafirmou a guinada à direita (sic) no Brasil”. Sem comentários…

Bolsonaro reajustou o salário mínimo de R$ 954 para R$ 998. O valor, no entanto, é inferior aos R$ 1.006 aprovados pelo Congresso.

O presidente começou mal, prejudicando os trabalhadores ao contrário do que pregava antes de ser eleito!

 

Jasson de Oliveira Andrade é jornalista em Mogi Guaçu

Post anterior

Jovem esfaqueado por primo está em estado grave

Próximo post

Corug monopoliza pódio masculino da São Silvestre de Conchal