Home»Artigos»Artigo: Crise do PSL chega a Mogi Mirim

Artigo: Crise do PSL chega a Mogi Mirim

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Jair Bolsonaro e filhos, ao invés de prestigiarem o partido que o elegeu presidente, PSL, procuram, ao contrário, destruí-lo. Incrível, mas é verdade. A crise do partido chegou em Mogi Mirim. Flavio Magalhães, no A COMARCA (26/10) noticiou: “Racha – Dissolução da comissão provisória mogimiriana foi parar na Justiça; presidente da legenda fala em perseguição – Crise no PSL chega a Mogi Mirim”.

Na reportagem, Flávio Magalhães revela: “A crise política envolvendo o diretório estadual do Partido Social Liberal (PSL) ganhou novos capítulos também em Mogi Mirim. A comissão provisória da legenda na cidade, que era presidida por Jarbas de Gusmão Caroni, foi destituída no último dia 7 de outubro e virou caso de Justiça. (…) O PSL, de Mogi Mirim foi dissolvido por determinação do diretório estadual, presidido desde julho pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, o filho “03” do presidente da República Jair Messias Bolsonaro. Caroni, porém, afirma que tal ação se deu sem o devido processo legal ou aviso prévio. “Foi na canetada”, resumiu, em conversa com a reportagem de A COMARCA”.  (…) Para Caroni, se trata de uma perseguição, levada a cabo por pessoas com influência junto à família Bolsonaro. Isso porque todas as comissões destituídas tinham em comum uma proximidade com o senador Major Olímpio” (…) “Somos a favor do governo Bolsonaro, mas devemos lealdade ao senador Major Olímpio e à deputada Janaina Paschoal”, frisou Caroni”.

O Major Olímpio foi eleito senador pelo PSL-SP, apoiando Jair Bolsonaro a presidente. Agora rompeu com o presidente e seus seguidores, como vimos, estão sendo perseguidos e destituídos de Diretórios do PSL!

Capa da CARTACAPITAL: Uma laranja com a legenda: “Arranca-Rabo no LARANJAL – Para resistir à ambição de Bolsonaro, o PSL volta-se contra o ex-capitão e ameaça o futuro do governo”. Sem comentários…

EM TEMPO: Justiça manda PSL restabelecer diretório em Mogi Mirim!

 

Jasson de Oliveira Andrade é jornalista em Mogi Guaçu

 

 

 

Previous post

Homem é preso após matar a ex-mulher e atacar a enteada

Next post

“Boca Retrô”, de carona nos 250 Anos de Mogi