Home»Polícia»Aposentada diz que prisão de filho foi armação

Aposentada diz que prisão de filho foi armação

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A aposentada Maria Aparecida Miguel Hilário, 69 anos, passou um dia presa. Ela acusa a ex-nora de armação para que ela e o filho fossem detidos. A acusação é de cárcere privado. A aposentada foi colocada em liberdade após contratar uma advogada que a acompanhou na audiência com o juiz da Vara Criminal.

Maria Aparecida admitiu que o filho é usuário de entorpecente e conheceu a ex-nora em um bar. E desde o Ano Novo foram morar juntos em sua casa. O casal bebe e usa drogas e, por isso, há muitas brigas e agressões mútuas. Mas nega que mantinha a nora refém. “Eu é que não dormia mais porque os dois brigavam muito. Meu filho mandava ela ir embora, mas ela ia para Pouso Alegre e voltava. Minha casa não tem tranca, o muro está caindo, falaram que iam lá fazer perícia e não foram lá ver, mas como eu a manteria presa numa casa nessas condições”.

Segundo a aposentada, o casal vivia na sua residência e era sustentado por ela. “Ela inventou tudo isso para nos prejudicar. Meu filho continua preso”.

A ex-nora de dona Maria Aparecida, Regiane Bianca da Silva, 39 anos, pediu para a mãe ligar para a Polícia Militar para conseguir sair da casa. Quando os policiais chegaram a residência, há uma semana, ela contou que achou o celular escondido do namorado e fez a ligação porque alegou que há um mês tentava fugir. Os policiais perceberam que a mulher tinha lesões pelo corpo e principalmente no rosto e levou todos para a delegacia.

Na delegacia da Defesa da Mulher, o delegado Alexandre Henrique Leme Silva determinou a prisão de mãe e filho por lesão corporal, sequestro e cárcere privado, violência doméstica e danos (causados à viatura). A mulher diz que o filho não quebrou o vidro da viatura propositalmente quando bateu a cabeça ao ser colocado no compartimento de presos. Após audiência de custódia, o juiz da Vara Criminal manteve a prisão de Tiago Hilário, 33 anos.

Post anterior

Equipe guaçuana de Judô participa de dois eventos

Próximo post

Moisés Coutinho: Salão Internacional de Humor