Home»Polícia»Após um mês, acusado é detido por assalto

Após um mês, acusado é detido por assalto

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O jovem Felipe Fonseca Voltan, 19 anos, foi preso em sua residência no Centro de Mogi Mirim, por volta das 7 horas dessa quinta-feira (27) pela delegada Edna Elvira Salgado Martins, da DIG.

Há um mês ele praticou o assalto a um estabelecimento comercial no Jardim Itacolomy. Ele rendeu o proprietário e, além de dinheiro (R$ 100) levou produtos de perfumaria e higiene pessoal.

Na casa foram apreendidos alguns produtos que serão apresentados à vítima para reconhecimento. Além dos produtos, os investigadores encontraram na casa um revólver calibre 22 e 41 projéteis, sendo três deflagrados. Também foram localizados três projéteis intactos de revólver calibre 38, mas a arma não foi localizada. Informalmente aos policiais, Felipe admitiu ter usado a arma encontrada no roubo investigado.

Felipe foi detido em Mogi Mirim
Felipe foi detido em Mogi Mirim

Felipe não tem antecedentes criminais, é filho de professores e passou a ‘dar trabalho’ para a família há cerca de três anos, quando a mãe faleceu em decorrência de H1N1.

A delegada explicou que Felipe foi preso em flagrante por posse de arma de fogo, crime que cabe fiança, porém, permanecerá detido, em prisão temporária, pelo roubo.

Com a prisão de Felipe e a apreensão da arma, a Polícia Civil tem um saldo na semana de nove armas tiradas de circulação. Em uma das ações, sete foram apreendidas na residência e dentro de um estabelecimento de um comerciante da cidade; a outra arma estava de posse de um estelionatário preso em Itupeva e que aplicava golpes em idosos, sendo que o ‘cabeça’ da quadrilha residia em Mogi Guaçu. As armas serão encaminhadas como provas dos crimes junto ao processo para o Judiciário e, depois, seguem para o Exército para serem destruídas

Post anterior

Kapa recebe visita de universitários no domingo

Próximo post

Operário morre após 16 dias na UTI em Mogi Mirim