Home»Cidade»Após cinco anos, obra pode ser concluída

Após cinco anos, obra pode ser concluída

Cinco empreiteiras já passaram pela construção que foi iniciada em 2012; obra segue para mais uma licitação

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

R$ 907 mil. Este é o valor orçado para a conclusão da creche do Jardim Chaparral. O edital da licitação já está disponível no site da Prefeitura. As propostas serão conhecidas dia 11 de outubro. O prazo dado para a execução do serviço é de nove meses contados do recebimento da ordem de serviço. Portanto, a creche só deve ser concluída em meados de 2018.

Vale lembrar que a obra está paralisada há quase um ano. Durante este tempo foi alvo de vandalismo e furto. O acesso à obra chegou a ser fechado, mas parte do alambrado já foi arrancada, novamente. Com isto, a SOV (Secretaria de Obras e Viação) teve de fazer um levantamento de tudo o que foi furtado para que o orçamento da obra pudesse ser concluído.

Conforme consta do texto que justifica a contratação do serviço, “vândalos danificaram instalações hidráulicas e elétricas, furtaram materiais hidráulicas, registros, válvulas de descarga, portas de madeira e batentes, fechaduras, revestimento cerâmico, vasos sanitários, tubos de aço sem costura para central de gás e fiação em geral, quebraram vidros, destruíram disjuntor e caixa de medidor de energia”.

creche chaparralO secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, diz que as invasões e furtos foram relatados em B. O. (Boletim de Ocorrência), sendo apenas um dos trâmites que antecederam a licitação. “É a terceira licitação da mesma obra e estamos nos cercando de tudo que podemos fazer para que a empresa vencedora honre com seu compromisso”, disse lembrando que cinco empresas já passaram pela obra. Isto porque, duas das três construtoras subempreitaram o serviço, o que acabou gerando mais problemas. A contrapartida do município na obra é de aproximadamente R$ 400 mil.

A creche do Jardim Chaparral teve a construção iniciada em 2012. O contrato inicial foi rompido, após paralisações consecutivas dos operários. Retomada em agosto de 2015, pela CFJ Engenharia & Construção, após cerca de oito meses, a obra sofreu nova paralisação.

 

OUTRA

Um aditivo contratual de 150 dias foi solicitado e concedido à Construtora Gregal, empresa que constrói a creche do Jardim Guaçu Mirim. “Houve um atraso no vigamento”, disse Franceli. A obra foi retomada no final de 2015, após também ter passado por problemas com a empreiteira anterior.

Guaçu Mirim
Guaçu Mirim
Post anterior

Ladrão leva R$ 2 mil em relógios e eletrônicos

Próximo post

Hoje é dia de dança no Teatro Tupec