Home»Destaque na Home»Após acidentes, SOV estuda instalação de defensas metálicas

Após acidentes, SOV estuda instalação de defensas metálicas

Dois acidentes foram registrados num trecho da Avenida dos Trabalhadores em menos de 10 dias

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Em um intervalo de apenas nove dias, dois motociclistas caíram dentro do canal do Córrego do Cantagalo, localizado na Avenida dos Trabalhadores.

O primeiro acidente aconteceu no último dia 21, quinta-feira, com o motociclista Marco Aurélio da Silva, de 40 anos. Ele contou à Polícia Militar que seguia pela avenida no sentido bairro/centro, quando na curva próxima ao prédio da antiga estação ferroviária acionou o freio de sua moto e por motivos desconhecidos sofreu uma queda e caiu dentro do córrego ficando o veículo na via.

Uma semana e um dia depois, no último dia 29, uma sexta-feira, outro acidente foi registrado no mesmo ponto e sentido da avenida. Quem passava pelo local ficou assustado ao ver o motociclista Mário Adriano Torati, de 45 anos, ser arremessado para dentro do Córrego do Cantagalo após sua moto, uma Honda Biz azul, capotar na curva. Assim como no primeiro caso, o veículo dele também ficou na avenida. Neste fato, uma testemunha que presenciou o acidente contou à Guarda Civil Municipal que a vítima estava em alta velocidade. A testemunha ainda aproveitou a presença da Gazeta para fazer uma reclamação. “A Prefeitura precisa colocar urgentemente uma defensa metálica nesse trecho, já que muitos acidentes acontecem aqui”.

abre acidente corrego moto av trabalhadoresAs duas vítimas que caíram dentro do córrego foram retiradas do canal pelo Corpo de Bombeiros e foram socorridas para a Santa Casa, sendo que Torati foi socorrido desacordado ao hospital. No entanto, os dois se recuperaram do susto e receberam alta.

 

Mais sinalização

O secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli, informou que está licitando defensas metálicas para a cidade. No entanto, ele ainda está estudando se será possível instalar o dispositivo de proteção em torno do Córrego do Cantagalo. “Isso porque, na lateral do local existem colunas de concretos que podem impedir a fixação das defensas”.

Em contrapartida, Franceli garantiu que vai sinalizar melhor o trecho da curva. “Vou colocar mais placas de velocidade e um radar naquela curva, além de diminuir a velocidade. Porém, o motorista precisa ser mais prudente e deixar de passar acima do limite em uma curva”. De acordo com o secretário, o reforço nas sinalizações deve acontecer ainda nesse mês.

acidente moto corrego macacos

Post anterior

Atletas da Set/Cerâmica têm bom desempenho em Jundiaí

Próximo post

Município recebe 10.800 doses para a 1ª etapa da campanha